Documentário reacende alegações de abusos sexuais

Publicação: 2019-03-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Dez anos depois de sua morte, o legado de Michael Jackson passa por uma nova reavaliação com as chocantes denúncias do documentário Deixando Neverland. O filme será exibido em duas partes, na HBO, neste sábado, 16, e domingo, 17, sempre às 20h, e no HBO GO, a plataforma de streaming da emissora.

O documentário é construído com o depoimento de James Safechuck e Wade Robson. Os dois alegam que Jackson abusou sexualmente deles nos anos 1990.

Diferentemente dos documentários recentes sobre O.J. Simpson (O.J.: Made in America, de 2006) e R. Kelly (Sobreviver a R. Kelly, deste ano), o filme da HBO se concentra no depoimento das vítimas (e das famílias), com imagens do rancho de Michael Jackson em Santa Bárbara, o Neverland, e conteúdo de arquivo, incluindo uns poucos depoimentos do cantor e fotos e objetos das famílias. Deixando Neverland se diferencia, nesse aspecto, das denúncias jornalísticas do movimento #MeToo, caracterizadas por extensa apuração documental e com testemunhas. Não é por isso que os depoimentos deixam de ser nauseantes, especialmente pela descrição gráfica dos supostos abusos. Essas são suas histórias.

Pela dica de uma amiga, a mãe do jovem James Safechuck o inscreveu numa agência de talentos. A desenvoltura do garoto o levou ao set de comerciais nacionais, e em um deles ele contracena com Michael Jackson. Uma amizade se criou e as promessas de ajudar na carreira do garoto aproximaram o artista da família. "Jimmy" passou a dançar nos shows de Jackson.

O abuso teria começado numa noite em Paris (Jackson insistiria para que a mãe do garoto, então com 10 anos, dormisse no quarto dele nos hotéis). Safechuck diz que o cantor o ensinou a se masturbar - e logo as interações passaram a envolver línguas, nádegas, mamilos e pênis. Depois de nomear dezenas de locais em Neverland onde Jackson o abusaria e falar de um sistema de sinos que avisaria se alguém estivesse se aproximando do local, ele mostra à câmera joias que o músico teria lhe presenteado após uma "cerimônia de casamento" num quarto de hotel.











continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários