Dois dos cinco corpos encontrados em Macaíba continuam sem identificação

Publicação: 2017-09-29 17:08:00 | Comentários: 0
A+ A-
Os corpos de dois dos cinco homens, encontrados na tarde de ontem (28), na zona rural de Macaíba, seguem sem identificação até o final da tarde desta sexta-feira (29). A Delegacia de Macaíba deve começar as oitivas, na próxima segunda-feira (2), de familiares de três das vítimas, bem como de testemunhas. O objetivo será esclarecer as circunstâncias em que as vítimas foram executadas e as possíveis motivações para os crimes.
Vítimas estavam desaparecidas desde o último fim de semana
Vítimas estavam desaparecidas desde o último fim de semana

"Devido à outras diligências que fizemos nesta sexta, vamos proceder com a oitiva dos familiares das vítimas já identificadas na segunda. Até agora, nenhum parente dos outros dois homens reclamaram o desaparecimento deles na delegacia. Como estavam sem quaisquer documentos no momento em que foram encontrados, dificulta o processo de identificação", afirma o delegado Normando Feitosa.

Conforme a Polícia Civil, há indícios de que os cinco foram raptados entre o último domingo (24) e terça (26), nos distritos de Riacho do Sangue e Canabrava, no mesmo município. As vítimas possuíam diversas marcas de bala pelo corpo, o que leva a crer, para os investigadores, que se tratam de crimes de execução. A autoria do crime é desconhecida, bem como as circunstâncias.

Os cadáveres foram encontrados por moradores em estradas carroçáveis das localidades de Eldorado dos Carajás e "Curral das Juntas", separados por uma distância de, aproximadamente, 2 km cada. Todos em avançado estado de decomposição. No primeiro local, estavam os corpos de Vanderly Cardoso, de 37 anos, e José da Silva Oliveira, 29 anos. Vanderly, segundo a Polícia Civil, respondia por roubo, enquanto que a segunda vítima não possui registro confirmado de antecedentes. Uma motocicleta foi encontrada próximo ao corpo das duas vítimas.

No outro ponto, os três corpos estavam com as mãos amarradas. Dentre eles, apenas o de Jean Matias de Souza, 23 anos, foi identificado por familiares. O Instituto Técnico Científico de Perícia (Itep) recolheu os cinco corpos ainda no final da tarde. Vanderly Cardoso e José da Silva estavam desaparecidos desde o último domingo, enquanto que Jean e as outras duas vítimas foram raptadas na terça. Ambas as ações ocorreram durante a noite.

As famílias dos mortos informaram à Polícia Civil que eles foram raptados por homens encapuzados e armados, divididos em dois veículos. A avó de um deles apontou a participação de dez indivíduos, o que será apurado no curso do inquérito policial.

Dados mais recentes do Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio), divulgados às 20h de quinta-feira (28),  mostravam que o Rio Grande do Norte contabilizava 1.856 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) desde 1º de janeiro de 2017. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a variação é de 26,9%. Macaíba é a 6ª cidade no ranking dos municípios potiguares que registraram CVLIs neste ano, com 83 casos contabilizados, já incluídos os corpos encontrados na tarde de ontem e que identificados.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários