Edgar Morin e Mundukuru no ‘tributo ao pensamento’

Publicação: 2012-11-01 00:00:00
A+ A-
O Grupo de Estudos da Complexidade – Grecom – dá prosseguimento à programação do colóquio internacional ‘Tributo a um Pensamento do Sul’ com o lançamento de dois livros nesta quinta-feira: às 9h30, “Mundurukando: Conversas da tradição, palavras de índio”, do educador indígena Daniel Munduruku, no Centro de Convivência da UFRN; e às 21h, os livros “Diário da Califórnia”, “Um ano Sísifo” e “Chorar, amar, rir, compreender”, do antropólogo e filósofo francês Edgar Morin, no auditório da Escola de Música da UFRN. Esta é a quinta visita de Edgar Morin a Natal.
Pela quinta vez em Natal, filósofo francês lançará os livros Diário da Califórnia, Um ano Sísifo e Chorar, amar, rir, compreender.
O filósofo definiu o “pensamento do sul” - tema do encontro – como um espaço de regeneração da cultura e politização do cidadão, criatividade acadêmica e consolidação de um saber múltiplo, diverso e plural. O Grecom está celebrando seus 20 anos de atividades junto aos programas de pós-graduação em Ciências Sociais promovendo eventos voltados para profissionais da educação e das ciências humanas em geral, estudantes e demais interessados na construção de um conhecimento que una saberes diversos.

Edgar Morin é considerado um dos principais pensadores contemporâneos e um dos principais teóricos da complexidade. É pesquisador emérito do CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique). Formado em direito, história e geografia, realizou estudos em filosofia, sociologia e epistemologia. Autor de mais de trinta livros, entre eles: “O método” (6 volumes), “Introdução ao pensamento complexo”, “Ciência com consciência” e “Os sete saberes necessários para a educação do futuro”. Morin afirma que diante dos problemas complexos que as sociedades contemporâneas enfrentam, apenas estudos de caráter inter-poli-transdisciplinar poderiam resultar em análises satisfatórias.

O ‘Tributo a um pensamento do sul’ acontece em parceria com o IFRN, onde ocorrerá também o I Simpósio da Complexidade e Transdisciplinaridade. O evento receberá ainda os pensadores Ubiratan D’Ambrosio, a mexicana Ana Cecília Espinosa, Maria Cândida de Moraes, Norbal Baitelo Jr, entre outros interlocutores do Grecom.

Serviço: Lançamentos dos livros “Mundurukando”, das 9h30 às 11h, no Centro de Convivência, e “Diário da Califórnia”, às 21h, na EMUFRN.