Cookie Consent
Política
Eduardo Leite recua e endossa prévias que escolheram Doria
Publicado: 00:00:00 - 23/04/2022 Atualizado: 00:08:11 - 23/04/2022
Em um momento de trégua na disputa interna do PSDB, o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, que vinha fazendo uma pré-campanha paralela para se viabilizar como presidenciável tucano, recuou e divulgou carta na qual diz que o ex-governador de São Paulo João Doria é o nome do partido ao Palácio do Planalto em 2022. Em resposta ao gaúcho, o paulista falou em "gesto de grandeza".

Cedida
Eduardo Leite sinaliza uma trégua na disputa interna no PSDB pela candidatura a presidente

Eduardo Leite sinaliza uma trégua na disputa interna no PSDB pela candidatura a presidente


"O PSDB deve ter candidato a presidente e liderar o centro democrático. Hoje este nome é João Doria, por decisão dele e das prévias - das quais nunca se buscou tirar legitimidade", afirmou Leite, na carta. "Qualquer caminho diferente dependeria de entendimento com o próprio candidato escolhido. Assim, me coloco ao lado do meu partido e desta candidatura, na expectativa de que a união do PSDB contribua com a aguardada unificação dos atores políticos do centro."

Logo depois da divulgação do comunicado de Leite, Doria distribuiu nota na qual elogia a manifestação do ex-governador gaúcho. Segundo o presidenciável tucano, as divergências internas foram superadas. "O gesto de reconhecimento de Eduardo, do resultado das prévias e pela candidatura única do PSDB para a Presidência da República, é prova de coerência e bom senso. Finalmente, foram superadas todas as divergências internas, corroborando o resultado e a legitimidade das prévias. É um gesto honrado, democrático e elogiável", disse Doria.

Propaganda
A iniciativa de Leite ocorreu no momento em que Doria recebeu da cúpula do partido o aval para protagonizar as inserções nacionais da sigla na TV, que serão exibidas a partir do próximo dia 26. Antes disso, segundo aliados do paulista, o gaúcho havia pedido em um encontro em São Paulo para participar de 20% das inserções nacionais.

Em uma conversa tensa entre os dois na semana passada no comitê da pré-campanha de Doria em São Paulo, o paulista, porém, rejeitou a demanda de Leite e disse que, se ele insistisse em fazer uma campanha paralela, iria judicializar o embate no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os tucanos paulistas apostam nos comerciais para reduzir a rejeição a Doria no momento em que MDB, União Brasil e PSDB discutem a escolha de um candidato único da terceira via. Nas inserções regionais, no entanto o pré-candidato tucano deve aparecer pouco e em comerciais do partido no Rio, no Amazonas, em Goiás e no Distrito Federal. Pré-candidato à reeleição, o governador Rodrigo Garcia deixou Doria de fora de suas inserções em São Paulo.

Responsável pelas campanhas de Geraldo Alckmin em 2018 para a Presidência e de Doria em 2016 para a Prefeitura da capital, o marqueteiro Lula Guimarães assumiu o comando da comunicação do ex-governador paulista. Segundo Guimarães, a rejeição a Doria é pessoal, e não a seu governo, e foi criada artificialmente pela "máquina bolsonarista".

Nos comerciais a que o Estadão teve acesso, são exibidos panelaços contra Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro. Em seguida, um locutor diz: "Quando você escolhe um só para tirar o outro, o resultado é sempre o mesmo. Com PSDB e João, você tem opção". "É muito mais fácil reverter a rejeição de alguém que é acusado de usar calça apertada do que alguém acusado por um escândalo de corrupção", disse o marqueteiro.

Calendário
Apesar da trégua com Leite, Doria ainda tem o desafio de pacificar o próprio partido e convencer as siglas aliadas de que é o nome mais competitivo da terceira via para o Planalto. Líderes do MDB, do União Brasil e do PSDB e os pré-candidatos das três siglas à Presidência vão se reunir em jantar nesta segunda-feira, na casa de Doria. Em discussão, os critérios que serão adotados para a escolha do nome que vai representar esse campo no pleito de outubro.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte