Elétrico: Volkswagen deve lançar o ID.1

Publicação: 2020-08-02 00:00:00
A+ A-
Trânsito Livre

Montado sobre a mesma plataforma do ID.3 (a MEB), a Volkswagen tem mais uma carta na manga: o ID.1. Conforme sugere a nomenclatura, o modelo é menor que o irmão e tem propulsão igualmente elétrica. A aposta é ocupar o lugar do e-Up!Sob o código interno e-Zzity, o compacto é um modelo de cinco portas. E, para gerar menos custos para a companhia, contará com soluções como baterias com menor capacidade. De 24 kWh e 36 kWh. Ainda assim, promete alcance de 298 quilômetros de autonomia no conjunto mais potente.O projeto ainda segue em fase embrionária e deve ser apresentado como conceito apenas em 2023. Informações apontam que a novidade chegará ao mercado apenas em 2025.À publicação britânica Car Magazine, o chefão da Volkswagen, Ralf Brandstätter, disse apenas que a marca está "trabalhando em um BEV (veículo elétrico a bateria). E que custará abaixo de 20 mil euros (pouco mais de R$ 117 mil numa conversão direta ao câmbio de hoje). O executivo também falou que o ID.1 poderá exigir simplificação e redução de dimensões da arquitetura MEB para "conter"  os custos.

Executivo
A Jaguar Land Rover anunciou, dia 28 de julho, a designação de Thierry Bolloré como novo CEO da Jaguar Land Rover, a partir de 10 de setembro de 2020. O anúncio foi feito por Natarajan Chandrasekaran, Chairman da Tata Motors e da Jaguar Land Rover.  Bolloré tem ampla experiência na indústria automotiva. Foi CEO do Grupo Renault, recentemente.

Mudança
O setor automotivo representa 4% do PIB nacional e atua com mais de 1 milhão de empregos diretos, segundo pesquisas do setor. Essa representatividade na economia demonstra o impacto que o setor causa em termos de produção e de consumo, uma vez que o País está entre os dez maiores consumidores de carro.Novas áreas e conhecimentos foram criados.

Pick-up
A GM do Brasil revelou, dia 28 de julho, a linha 2021 da "S10". Além das novidades visuais, o modelo também ficou mais equipado, focando em itens de conveniência e segurança. Os preços vão de R$ 125.390 (versão Advantage CD Flex 4x2 MT6), até R$ 213.290 (versão High Country CD Diesel 4x4 AT6). A GM não detalhou o conteúdo das versões.

Novidade
O Toyota Yaris, modelo 2021, que é chamado de Vios na Tailândia, foi reestilizado, a fim de continuar "forte" por lá. O modelo foi lançado no dia 25 de julho/2020.A grade e as outras modificações surgiram mesmo na configuração básica. Além disso, a faixa cromada na grade também é de série, com a diferença apenas para os faróis de LEDs. No Brasil, deverá chegar no início de 2021.

Audi Q7
Iniciada a pré-venda do novo Utilitário Esportivo "Q7"  no mercado brasileiro. O modelo desembarca em nosso País com visual reestilizado e um pacote de equipamentos mais avançado tecnologicamente. O SUV é ofertado em duas configurações, com preços de R$ 414.990,00 e R$ 459.990,00. Segundo a montadora alemã, os preços são para a modalidade de venda direta ao consumidor final.

Produto
A CAOA CHERY vai reunir a imprensa automotiva brasileira, no próximo dia 12, de forma VIRTUAL. Na oportunidade,   estará lançando no mercado brasileiro uma grande novidade: vem aí o maior, mais sofisticado e mais luxuoso modelo da marca. Trata-se de um produto de elevado padrão de refinamento e excelência entre os SUVs grandes. Este caderno participará do evento, com certeza.

Ícone
Após sete gerações e 45 anos de existência, o BMW Série 3 segue como excelente sedã esportivo, além de ser um dos ícones mais bem sucedidos da montadora. A primeira geração do BMW Série 3 foi apresentada ao mundo em julho de 1975, e permaneceu no mercado até 1983. O design da carroceria desse modelo foi obra de Paul Bracq, chefe de design da BMW entre 1970 e 1974.

Duas rodas
A Honda "Gold Wing" ganha integração com o sistema Android Auto. Agora, passa a ter conectividade com o Google, além do Apple Car Play.

Essa  moto foi a 1a- do mundo a ter essa conexão, item que, antes, era oferecido apenas nos carros. O acesso a atualização está disponível em todas as versões da nova Gold Wing comercializadas desde 22 de outubro de 2018.

Prevenção
Aplicativos e locadoras aderiram ao uso de divisórias dentro do carro como maneira de prevenir o contágio do novo coronavírus. Hoje, são 6 que utilizam essa proteção. A iniciativa é válida no combate à pandemia. Médicos alertam que a barreira precisa ser higienizada durante todo o dia. Soluções feitas com plástico fino e sem rigidez, podem trazer perigo pela dificuldade de limpeza.