Eleitores do RN

Publicação: 2018-06-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Rio Grande do Norte tem 1,62% do eleitorado do País. Trata-se do 16º colégio eleitoral brasileiro. No Estado, estão registrados 2.364.148 eleitores aptos a votar no dia 7 de outubro. Na região Nordeste, é o quinto Estado em termos de número de eleitores. O RN teve um crescimento de 1,6% na quantidade de votantes, se o parâmetro de comparação for o pleito de 2014, quando também estavam em disputa a Presidência da República, o Governo do Estado e vagas no Senado, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas. Veja, abaixo, os número sde eleitores por estado e a proporção em relação ao do País. Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios (CMN).

Eleitores do país
As estatísticas apontam um total de 146,1 milhões de eleitores aptos a votar no País em 2018. Isso  significa um aumento de 1,4% em relação a 2016.

Registro negado
A decisão que rejeitou o registro do candidato a vice da chapa vitoriosa na eleição suplementar de São José do Campestre pode criar um imbróglio jurídico.  O Tribunal Regional Eleitoral indeferiu o registro do candidato a vice-prefeito pela Coligação Unidos com o Povo, Eribaldo Lima. Com isso, a chapa que teve, como candidato a prefeito, Neném Borges e Eribaldo, como vice, pode ficar com o registro comprometido, uma vez que haveria “vício na origem”, com um dos integrantes sem preencher os critérios da legislação eleitoral.

À espera da decisão
Como estava no exercício do mandato de prefeito, que assumiu por ser presidente da Câmara, quando da cassação do eleito em 2016,  Neném Borges talvez fique no cargo até a decisão definitiva da Justiça Eleitoral e convocação de novo pleito. Mas há dúvidas jurídicas sobre como ficará o comando da Prefeitura, uma vez que se trata de um caso inédito. Os advogados da chapa acreditam que ele não será afastado.

Desmentido do Vaticano
Após o Partido dos Trabalhadores publicar em suas redes sociais imagens de um rosário que teria sido enviado pelo Papa Francisco ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, o Vaticano manifestou-se negando a versão do partido. O Vaticano esclareceu que o terço entregue na carceragem da Polícia Federal não era em nome do Papa Francisco, mas sim um presente pessoal do advogado argentino Juan Grabois. "Como tantos outros, é um terço abençoado e distribuído em inúmeras ocasiões. A visita era pessoal e não em nome do Papa", afirmou o Vaticano.

Fora do ar
A senadora Fátima Bezerra chegou postar a “informação”, reproduzida das redes sociais do PT, destacando o “presente do Papa para Lula”. Depois do desmentido do Vaticano, que negou ter enviado o terço ao ex-presidente petista, a postagem foi retirada do ar.

Prioridade
Em meio a rumores de que negocia uma aliança com partidos de centro como o PP e o DEM para as eleições deste ano, o pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, declarou que a prioridade dada ao PSB na discussão de uma coligação se dá "pelo simples fato de o partido não ter candidato" e que é preciso respeitar as legendas com pré-candidaturas lançadas.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários