Em 1º dia da campanha, carreatas e passeatas geram aglomerações no interior do RN

Publicação: 2020-09-28 07:36:00
A campanha eleitoral visando a disputa de prefeituras e cadeiras nas câmaras municipais teve início neste domingo (27). Contudo, como já ocorria durante as convenções partidárias, as aglomerações voltaram a ser registradas em diversos municípios potiguares, o que contraria diretamente os decretos municipais e estaduais de isolamento.

Créditos: Reprodução/Redes SociaisEm Macau, a aglomeração foi registrada em uma carreata que marcou o lançamento da campanha de um dos candidatos a prefeitoEm Macau, a aglomeração foi registrada em uma carreata que marcou o lançamento da campanha de um dos candidatos a prefeito


Em Macau, na costa branca do RN, um dos candidatos marcou a largada da campanha através de uma carreata que levou às ruas diversos eleitores sem que fossem obedecidas quaisquer medidas de isolamento social.

Situação semelhante foi registrada em Nova Cruz, no Agreste do RN. Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver apoiadores de um dos candidatos em cima de paredões e diversos outros atrás dos veículos, sendo que são várias as pessoas nas imagens sem fazer uso de máscaras.

Créditos: Reprodução/Redes SociaisEm Nova Cruz, as carreatas contaram com paredões e pessoas sem máscarasEm Nova Cruz, as carreatas contaram com paredões e pessoas sem máscaras


De acordo com a Polícia Militar, foram registradas diversas ocorrências para ação em aglomerações. Além de orientar os cidadãos, a PM distribui máscaras para aqueles que saem de casa sem o equipamento de proteção. Os militares ainda não concluíram o levantamento de quantos e quais municípios registraram episódios nesse sentido, mas aponta para grande número de registros na região Oeste do RN.

Durante a semana, o titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia, reforçou a importância de manter os cuidados no momento eleitoral, citando comícios, carreatas e passeatas como situações que devem ser evitadas. "Cuidado, atenção e responsabilidade com a vida é dever de todos nós".

Ao contrário das eleições passadas, quando os candidatos podiam promover passeatas, a eleição esse ano limita essa movimentação. A legislação eleitoral permite mas, diante da pandemia, os candidatos precisam respeitar as restrições dos decretos estaduais e municipais que constam medidas de distanciamento social.