Em depoimento, Léo Pinheiro afirma que Lula pediu destruição de provas de propina

Publicação: 2017-04-20 18:51:00 | Comentários: 0
A+ A-
O empresário Léo Pinheiro, sócio da OAS que prestou depoimento hoje em Curitiba, disse que o presidente Lula pediu a ele que destruísse provas sobre propinas que a empreiteira pagou ao PT.

De acordo com informações da Folha de São Paulo, o empresário afirmou que ele e Lula discutiram sobre propina em maio de 2014, dois meses antes da deflagração da Operação Lava Jato. Segundo o empresário, Lula teria perguntado se a OAS pagava propinas para o PT no Brasil ou no exterior, e ele teria respondido que no Brasil.

Após a resposta, Lula teria perguntado se ele mantinha os registros dos pagamentos feitos ao então tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Ao confirmar que possuía os registros, Lula disse para que ele os destruísse. Ele não disse, no entanto, se atendou ou não ao pedido supostamente realizado por Lula.

O Instituto Lula, por sua vez, nega que o ex-presidente tenha realizado tal pedido a Léo Pinheiro. A enteidade afirma que a declaração foi feita por um empresário que negocia um acordo de delação com a exigência de incriminar Lula.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários