Em Natal, manifestantes saem a favor da Operação Lava Jato neste domingo

Publicação: 2019-08-25 15:32:00 | Comentários: 0
A+ A-
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e saíram às ruas na capital potiguar na tarde deste domingo (25). A manifestação faz parte de uma convocatória nacional feita por grupos políticos de direita em apoio à Operação Lava Jato. Entre as pautas dos manifestantes, estavam o impeachment dos ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) e o veto à lei de Abuso de Autoridade, que aguarda sanção do presidente. 

Manifestantes concentração
Manifestação teve início às 15h em frente ao shopping Midway Mall

O protesto natalense aconteceu no cruzamento das avenidas Senador Salgado Filho e Bernardo Vieira. Às 15h, os organizadores e alguns manifestantes já começaram a se reunir no local, utilizando camisetas com frases de apoio como “In Moro We Trust” [Em Moro Nós Confiamos] e “Eu apoio a Lava Jato”. 

De acordo Carlos Araújo, membro da Força Democrática, um dos movimentos responsáveis pela organização do protesto, a Lei de Abuso de Autoridade se trata de um “esquema para protejer bandidos de togas”, que limitaria os poderes de investigação da polícia e do Ministério Público. 

Dois manifestantes
O manifestante Carlos Araújo (camisa preta) saiu em defesa do ministro Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol

Outro ponto frisado por Araújo foi o apoio ao procurador Deltan Dallagnol e ao ministro Sergio Moro, que de acordo com ele estariam sendo “crucificados por mensagens roubadas por hackers e vazadas”. Os vazamentos fazem referência a um série de matérias que estão sendo encabeçadas pelo portal The Intercept Brasil, com colocações de veículos como a Folha de S. Paulo, a revista Veja e o El País. Para os organizadores, a divulgação das conversas faz parte de um movimento para tentar enfraquecer a legitimidade do presidente eleito. “Estamos aqui hoje para mostrar nosso apoio nacionalmente”, diz o representante da Frente Democrática. 

Diferente da última manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro que aconteceu na capital potiguar, essa não saiu em caminhada, e os manifestantes permaneceram na calçada do shopping Midway Mall enquanto ouviam os discursos em apoio ao presidente feitos durante o protesto. 

Valmir Junior, membro do Movimento Radar, que também faz parte da organização, ressalta que a Amazônia também passou a integrar o conjunto de pautas no dia, pois estaria sendo usada “de forma política” contra o presidente Jair Bolsonaro. “A Amazônia é nossa, não de ninguém de fora. Hoje nós temos um presidente patriota e nacionalista que foi eleito de forma legítima, e todos os dias vemos novas tentativas de impedi-lo de governar”, diz Valmir.

*Atualizada às 17h00









continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários