Em sequência de atividade sísmica, Taipu registra tremor de magnitude 2.6

Publicação: 2018-03-13 09:04:00 | Comentários: 0
A+ A-
O município de Taipu registrou um tremor de terra com magnitude 2.6 na escala Richter, base internacional para medição de abalos sísmicos. O tremor foi registrado na madrugada desta terça-feira (13), por volta das 3h e foi o mais intenso de uma atividade sísmica que vem sendo verificada desde a última sexta-feira (10). As informações são do Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Abalo sísmico de 2.6 graus foi o maior registrado nesta sequência de atividades
Abalo sísmico de magnitude 2.6 foi o maior registrado nesta sequência. (Foto: Cedida/ LabSis UFRN/ Sismos do Nordeste)

De acordo com o levantamento do Laboratório, foram registrados vários tremores na estação de Riachuelo, que fica a aproximadamente 50km do epicentro da atividade sísmica, que fica em Taipu, na região Leste do estado.

Segundo o sismólogo Joaquim Mendes Ferreira, que atua no LabSis, não é possível dizer porque os abalos sísmicos estão ocorrendo na região. Bem como não se pode prever se terão continuidade. O que o Laboratório confirma a princípio é que a atividade teve início no dia 10, com tremores menores e se intensificou ao longo dos dias, atingindo maior intensidade desta sequência com um abalo de magnitude 2.6. "Não temos como prevê se atividade vai continuar e se vai se intensificar nos próximos dias", ressalta Mendes Ferreira.

O maior tremor já registrado no município de Taipu ocorreu em 2010, quando a atividade sismológica atingiu magnitude 4.3 na escala Richter.







continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários