Empregos temporários

Publicação: 2018-03-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O período que antecede o Domingo de Páscoa é considerado o terceiro que mais gera empregos temporários no País. Entretanto, com a possibilidade de estagnação ou leve aumento nas vendas deste ano, as fabricantes decidiram reduzir o número de contratos temporários em 5,9%. Deverão atuar, até o fim do ciclo pascal, algo em torno de 23 mil temporários.

Conforme detalhado pela Abicab, o volume de empregos temporários deste ano é considerado positivo pelo setor, pois demonstra um leve sinal de retomada do mercado. Em 2018, o número de empregos registrado foi apenas 5,9% menor que nos seis meses que antecederam a Páscoa de 2017. No comparativo de 2017 com 2016, o volume de vagas temporárias havia apresentado um declínio ainda mais significativo, de 15%.

As empresas ainda se mostram prudentes nas contratações, mas confiantes nos sinais positivos de alguns indicadores da economia. De acordo com o presidente da Abicab, o setor se recupera de anos ruins. “A expectativa é que os dados do segundo semestre do setor de chocolates acompanhem o crescimento do mercado”, reforça. As vagas mencionadas são para produção nas indústrias, promoção e venda de produtos, no período de outubro de 2017 a março de 2018.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários