Empreiteira inicia obras de túnel de drenagem da Arena das Dunas

Publicação: 2013-04-23 10:35:00
Ricardo Araújo - repórter

A primeira etapa da construção do túnel de macrodrenagem do entorno do Estádio Arena das Dunas, em Lagoa Nova, foi iniciada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi). O titular da pasta, Rogério Mariz, confirmou que o levantamento topográfico da região pela qual o túnel irá passar, que compreende bairros das zonas Sul e Oeste, começou ainda na semana passada e segue o cronograma estipulado pela Prefeitura de Natal. "A obra em si já começou. Todo o levantamento topográfico já foi iniciado", assegurou. Mariz detalhou, ainda, que a partir da primeira semana de maio, os primeiros tubos que
irão compor o túnel serão colocados.
As obras para construção do túnel de macrodrenagem no entorno da Arena das Dunas já começaram, segundo secretário de Obras
"Os tubos já foram comprados e a previsão de chegada é a primeira semana de maio. Não poderíamos iniciar as escavações sem os tubos em mãos", esclareceu o secretário. Além disso, técnicos da Semopi e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), se reuniram nessa segunda-feira (22) para discutir os procedimentos de alteração no trânsito da Avenida Jerônimo Câmara, entre as zonas Sul e Oeste, a primeira via que passará pelas intervenções em sua infraestrutura. De início, uma faixa de cada lado da avenida será interditada. "Serão aquelas coladas ao canteiro central. O túnel passará por baixo do canteiro", explicou Rogério Mariz.

Entretanto, apesar da estrutura que conduzirá a água das chuvas captadas em cinco lagoas de captação passar por baixo do canteiro central da avenida Jerônimo Câmara, não será preciso modificar o canteiro ou derrubar as árvores nele plantadas. Isto porque, de acordo com informações de Rogério Mariz, os tubos de drenagem passarão por uma profundidade de oito a dez metros. O túnel, por sua vez, terá diâmetro que variará de 2,5 metros a 3,0 metros. A possibilidade de interdição integral da rodovia ainda será discutida com a Semob, mas é praticamente descartada pela Semopi.

Quando iniciados os serviços, o secretário Rogério Mariz comentou que 10 frentes de trabalho irão conduzir as obras de forma articulada. A Construtora Queiroz Galvão, responsável pelo empreendimento, confirmou ao Município que já iniciou o processo de contratação de pessoal, além de ter instalado um escritório em Natal. Os serviços de drenagem consistem em duas etapas, com a primeira orçada em R$ 126 milhões e a segunda, em R$ 74 milhões.

Licenças ambientais

A construção do túnel de macrodrenagem precisa de estudos complementares sobre os impactos ambientais que vai causar ao rio Potengi, para onde a água das chuvas será carreada. O estudo deverá contemplar informações quanto ao potencial de recebimento do volume hídrico conduzido pelo túnel que será despejado no rio. Mesmo assim, as obras estão com licença favorável emitida pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema/RN).

O parecer favorável ao início  das obras, de acordo com Rogério Mariz leva ao próximo passo, que é a montagem do canteiro de obras. Segundo o promotor de Justiça, Márcio Diógenes, houve reunião entre o Idema, empreendedores, além do Procurador-geral do Município, Carlos Castim. De acordo com Diógenes, o Idema afirmou que “não havia nenhum empecilho” nas obras e, por isso, emitiu a licença permitindo a Prefeitura  dar início à construção.

Conforme esclareceu Rogério Mariz, a licença do Idema foi entregue na reunião e foi considerado ponto decisivo para dar a ordem de serviço, assinada pelo prefeito Carlos Eduardo, no dia dois deste mês, com a presença do representante da Caixa Econômica Federal, responsável pela liberação dos recursos federais a serem utilizados na obra.

Cronograma das obras

Em informe encaminhado pela Construtora Queiroz Galvão à Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), foi informado o andamento das obras de construção do túnel de macrodrenagem do entorno do Arena das Dunas. Veja abaixo cronograma fornecido pela Semopi, especificando o que já foi providenciado:

1 - Equipe de topografia locando as Lagoas do Centro Administrativo para, posteriormente, locar os poços de visita da Jerônimo Câmara;
2 - Fechamos o pedido dos tubos;
3 - Iniciamos o processo de admissão de pessoal;
4 - Estamos comprando/locando equipamentos e materiais necessários;
5 - Já estamos instalados em escritório/canteiro;
6 - Mobilização de todo o pessoal técnico/administrativo;
7 - Já conversamos com a fiscalização sobre a liberação junto aos órgãos competentes sobre a implantação dos tapumes nas vias do caminhamento do túnel assim como sobre a indicação do destino final do material proveniente das escavações das lagoas e dos túneis.