Empresa potiguar recebe Prêmio Nacional de Inovação

Publicação: 2011-08-06 00:00:00
Apoiada em duas edições pelo Programa de Apoio à Pequena e Micro Empresa (Pappe-Subvenção Inova RN), com o valor de R$ 144,5 mil, a empresa Iso-blok, Construção e Tecnologia ganhou o Prêmio Nacional de Inovação concedido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Movimento Brasil Competitivo (MBC), na última terça (02), no Centro de Convenções do Sheraton WTC, em São Paulo. De acordo com a CNI, o prêmio  avaliou este ano 427 projetos de 254 empresas em quatro categorias: gestão da inovação, competitividade, design e desenvolvimento sustentável. As oito vencedoras, premiadas nas modalidades, micro e pequena empresa e média e grande empresa, foram escolhidas entre 24 finalistas.
Guilherme Fábio, na solenidade de entrega do prêmio: reconhecimento pelo mercado nacional
A Iso-blok foi declarada vencedora da modalidade micro e pequena empresa, na categoria Desenvolvimento Sustentável, com o produto Iso-blok, um composto de materiais reciclados como concreto e plástico. O Iso-blok pode ser usado na construção de lajes, tijolos, isolamentos térmico e acústico ou preenchimento de juntas.

Reconhecendo que o apoio da Fapern foi fundamental para o desenvolvimento da pesquisa e, consequentemente, para a obtenção do prêmio, o proprietário da empresa, engenheiro civil Guilherme Fábio de Melo, afirma que o prêmio é a constatação de uma banca exigente e rigorosa que atesta a viabilidade ambiental e econômica do projeto. “É o reconhecimento do mercado nacional de que há bons produtos sendo desenvolvidos no Rio Grande”, pontua.

Apoio à pesquisa

“A Fapern nos deu condições, subsídios e recursos, sem os quais não teríamos conseguido desenvolver as pesquisas que resultaram, nos produtos”, reforça o empresário que fez a graduação, mestrado e doutorado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A sua expectativa é pelo fortalecimento das agências de fomento às pesquisas, e no aporte maior de recursos para as empresas desenvolverem suas pesquisas.

O Iso-blok é um bloco construtivo constituído de concreto celular espumoso e de material reciclado composto de resíduo industrial a base de polímero, que pode ser utilizado na construção de unidades residenciais e industriais. “Agora estamos com um contrato para a construção de 1.500 casas em Macaíba”, revela.

Além do composto ganhador do Prêmio Nacional de Inovação, a Iso-blok Construção e Tecnologia desenvolveu um segundo produto destinado à construção civil. Trata-se de um concreto de alto desempenho reforçado com fibra de vidro. Esse projeto também foi apoiado pelo Fapern.

Um novo edital do Pappe-Integração Inova RN está aberto na Fapern. Praticamente todas as áreas de produção serão apoiadas com recursos de R$ 2 milhões para subvenção econômica às atividades de pesquisa, desenvolvimento e/ou inovação (P,D&I). Os recursos são oriundos do Ministério da Ciência e Tecnologia/Finep. Para conceder o prêmio, a CNI tem o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).