Empresas de ônibus recolhem frota em Natal; GGI é acionado

Publicação: 2018-06-02 16:04:00
O temor de novos atentados como o que ocorreu ao ônibus da Linha 25 da Guanabara no início da tarde deste sábado, 2, no Bairro Nordeste, fez com que todas as seis empresas que operam o transporte público em Natal recolhessem os ônibus às respectivas garagens. 

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

A Secretaria autorizou aos táxis, veículos que fazem transporte escolar ou turístico devidamente licenciados a realizarem lotação até a regularização dos serviços do transporte público. 

A pasta informou que intermediará ações junto à área de Segurança Pública e empresas de ônibus para que a circulação dos veículos seja normalizada o mais rápido possível.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) confirmou que os membros que integram o Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E) - formado por representantes das diferentes forças com atuação na área da segurança pública - foram acionados.

O GGI-E será instalado às 17h na sede da Sesed, no Centro Administrativo. O Gabinete irá monitorar todos os casos reportados ao Ciosp e, em seguida, definir parâmetros de combate às ações criminosas.

Buscas

O helicóptero da Sesed, o Potiguar I, está fazendo voos operacionais por diversos pontos da capital do estado com o objetivo de identificar suspeitos em atitudes criminosas. Os homens que atearam fogo ao ônibus da Empresa Guanabara ainda não foram identificados. 


Leia também: