Empresas envolvidos em escândalo da carne terão acesso negado à União Europeia

Publicação: 2017-03-20 10:20:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Comissão Europeia decidiu, nesta segunda-feira (20) que todas as empresas envolvidas em um escândalo de carne no Brasil terão acesso negado ao mercado da União Europeia temporariamente, e afirmou que vai monitorar todas as importações de carne do Brasil.
Enrico Brivio, da Comissão Europeia, durante anúncio do bloqueio as empresas envolvidas no escândalo da carne
"A Comissão garantirá que quaisquer dos estabelecimentos implicados na fraude sejam suspensos de exportar para a UE", disse o porta-voz da Comissão Europeia Enrico Brivio em coletiva de imprensa regular.

O escândalo, no entanto, não terá qualquer impacto nas negociações em curso entre a União Europeia e o Mercosul, de acordo com a Comissão, que disse que espera que os dois lados possam chegar a acordos sobre livre comércio.

A Operação Carne Fraca, lançada nesta sexta-feira (17) pela Polícia Federal, visa desarticular uma organização criminosa que envolve fiscais agropecuários e cerca de 40 empresas, incluindo gigantes como a BRF e JBS. A investigação apontou fraudes na fiscalização sanitária envolvendo o pagamento de propinas para garantir a liberação de mercadorias estragadas ou adulteradas.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários