Encontro dos BRICS abriu mercado para melão do RN

Publicação: 2019-11-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Cassiano Arruda


"Não há pessoas nem sociedades livres sem liberdade de expressão e de imprensa, na exata medida em que esse direito, por traduzir uma prerrogativa inalienável dos cidadãos não pode sofrer restrições nem limitações de qualquer ordem, especialmente quando impostas pelo Estado e seus agentes".
Do ministro Celso de Melo, decano do Supremo Tribunal Federal.

Nosso Rio Grande do Norte marcou presença de forma positiva na reunião dos BRICS, em Brasília. Um dos acordos assinados entre Brasil e China foi o que viabiliza a exportação de melão para o país asiático. Em contrapartida, os chineses poderão vender pera para o mercado brasileiro, como ficou acertado na passagem do presidente Jair Bolsoaro pela Ásia.

O RN é o maior produtor de melão do Brasil e dentro de pouco tempo o melão produzido em Mossoró chegará ao mercado chinês.
 Os protocolos sanitários foram firmados após reunião bilateral entre os presidentes Jair Bolsonaro e Xi Jinping, dentro da XI Cúpula do Brics, que teve início nesta quarta-feira em Brasília. A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participou do encontro. 
O acordo para exportação de melão é simbólico por se tratar do primeiro entendimento com a China sobre frutas.

Fátima e governadores do NE vão a Europa buscar financiamento
Juntamente com os outros oito Governadores do Nordeste, a professora Fátima Bezerra, embarca, para uma penosa travessia do Oceano Atlântico. Com a Governadora viajam o secretário Fernando Mineiro e a Assessora de Comunicação, Maria da Guia Dantas.

Três países estão no roteiro dos Governadores Nordestinos, que tem várias audiências marcadas - a partir de amanhã - com representantes dos governos que serão visitados: França, Itália e Alemanha. A expectativa dos governantes é trair investimentos e financiamento.

República chegou há 130 anos no RN com oligarquia
Um pouco de nossa história neste domingo: Hoje completa 130 anos da Proclamação da República no Rio Grande do Norte, feita -  dois dias depois da proclamação de Deodoro da Fonseca - por um político militante que implantou com o novo regime, uma oligarquia. A primeira do RN.
No momento da proclamação da República no Rio Grande do Norte, o personagem de destaque foi Pedro Velho de Albuquerque Maranhão. Em torno de sua figura ocorreu a tentativa de fazê-lo referencial, torná-lo o exemplo do homem que lutou pelo povo norte-rio-grandense para a vitória da causa republicana.

Pedro Velho assumiu o governo do Rio Grande do Norte provisoriamente em 1889, e voltou ao mesmo cargo em 1892.

Fundou o Partido Republicano no Rio Grande do Norte em janeiro de 1889, e criou um jornal - A República, órgão oficial do novo partido - que começou a ser editado em julho do mesmo ano  . Esse partido será, por mais de vinte anos, uma propriedade exclusiva da família Albuquerque Maranhão.

Afirma-se que a inauguração da oligarquização republicana no Rio Grande do Norte  foi feita por Pedro Velho de Albuquerque Maranhão.

Depois de Reitor é a vez de Justiça para o Juiz
Para um observador da cena jurídica, depois da absolvição do ex-reitor Ivonildo Rego, espera-se a que o juiz Francisco Barros preso e acusado de venda de sentença de um tribunal de segundo grau também seja julgado e absolvido. Além de acusados no âmbito jurídico, Ivonildo e Barros foram acusados, julgados e condenados pela mídia, antes mesmo de poderem apresentar sua defesa. E depois da defesa na Justiça eles vão ter de se virar para mostrar que não são criminosos.

Vem aí mais um feriado religioso
Depois do feriado da sexta-feira (proclamação da República), na semana que começa tem mais um. Este de caráter religioso. Embora a Constituição assegure que o Brasil é um país laico, o feriado de quinta-feira é em honra a padroeira de Natal, Nossa Senhora da Apresentação. Um "ponto facultativo", na sexta-feira, não está fora de cogitação.

Rede Tropical vai lançar seu portal
E a Rede Tropical de Rádio e TV está fazendo a contagem regressiva para o lançamento de seu Portal, unido todos os seus veículos de comunicação numa única produção para digital.

Um grupo está trabalhando no projeto há cerca de três meses e tudo está pronto para o lançamento oficial com data marcada: - 2 de Dezembro.

Mais história: Seabra Fagundes assume o Governo do Estado
Hoje completa, exatamente 74 anos que o jurista Miguel Seabra Fagundes assumia o cargo de Interventor Federal no RN. Presidente do Tribunal de Justiça foi nomeado pelo Presidente José Linhares, que substituiu Getúlio Vargas, O Executivo foi entregue ao Judiciário em todos os Estados. Seabra, em seguida, pediu demissão do cargo de Desembargador no nosso Tribunal de Justiça. Mudou-se para o Rio de Janeiro e foi Ministro da Justiça e tornou-se referência nacional como Advogado e Mestre do Direito.

Hotelaria de Natal tem mil quartos fechados
Possuidora da melhor rede hoteleira do Nordeste, Natal enfrenta problemas nessa área. A alta estação está chegando enquanto mais de mil quartos estão fechados, sendo mais da metade deles na Via Costeira, que contabiliza a suspensão de atividades dos hotéis Pirâmide e Parque da Costeira, cada um deles com mais de 300 apartamentos. Tem ainda o Hotel dos Reis Magos com 90 quartos, fechado há mais de vinte anos sem funcionar e nas vésperas de ser demolido. Ficam menos de 200 para as pousadas.

Ciro assumiu outra banda do anti-Lula
 -"Lula é um encantador de serpentes. A presunção dele é que as pessoas são ignorantes e que pode, usando fetiches, intrigas e a absoluta falta de escrúpulos que o caracteriza, navegar nisso. O mal que Lula está fazendo ao país  é muito grave e extenso";

A frase não é de nenhum bolsonarista, mas do ex-governador Ciro Gomes sem abrir mão de um naco da esquerda.

Na batalha pela Notícia, Suzi Noronha é obrigada a acordar cedo para informar ao telespectador da Tv Tropical. Para cumprir os ensinamentos do majó Theodorico Bezerra, teria de falar pouco (o que não se aplica no caso de uma apresentadora) e andar ligeiro.


Governo Bolsonaro e a caça às jabuticabas
Falem o que quiserem, mas, antes de completar um ano, o Governo Bolsonaro extinguiu duas jabuticabas, de alto custo e pouco resultado:

1 - O horário de Verão; 2 - O DPVAT, seguro obrigatório de veículos.

A tomada elétrica de três pinos que se cuide. Pode ser a próxima jabuticada na alça de mira do capitão.

Particular que der espaço melhora a sua avaliação
O Ministério da Educação está lançando um programa que pode salvar a Escola 4º Centenário, um exemplo positivo de parceria entre instituições públicas e privadas da educação, cujo convênio termina esse ano.

As universidades particulares que oferecerem espaços ociosos ao governo para estender a jornada de alunos do ensino básico, como parte do programa Educação em Prática. É a primeira tentativa do Governo para implementar a  reforma do ensino médio, aprovada em 2017, aumentando a nota da universidade na sua avaliação do próprio MEC. Se a UnP se sensibilizar com essa argumento poderia reabrir as conversas em torno da Escola 4º Centenário, que ajudou a manter por quase 20 anos,com extrema competência.

Razões de otimismo para o RN no petróleo
Um estado que possui 3.550 poços de petróleo em produção, mais 1685 poços "ativos mas sem produção", segundo dados oficiais da Agência Nacional de Petróleo "tem razões de sobra para ser otimista", afirmou um player que atua nessa área em Mossoró.

As empresas "Potiguar E&P" e 3R Petroleum já estão se instalando, negociando serviços e mão de obra, foram empresas com Geopak, Phoenix e Imetame tem projetos de perfuração em andamento.

- 2020 vai ser o ano do petróleo em Mossoró, disse o analista.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários