Encontros pitorescos ao som de Dosinho

Publicação: 2020-02-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Principal referência potiguar de marchinhas carnavalescas, autor de hinos como “Eu não vou, vão me levando” e “Não se faça de doido, não”, Dosinho (1926-2014)    terá suas músicas levadas ao palco num espetáculo que tanto lhe homenageia quanto lembra figuras folclóricas de Natal. “Carnaval Festa do Povo – Um Musical Para Dosinho”, tem texto e direção cênica de Junior Dalberto, com execução musical ao vivo a cargo da banda Fobica do Jubila, sob direção de Jubileu Filho. O espetáculo será apresentado na segunda-feira (17), dentro da programação do 3º Baile das Marchinhas, no Bardallos Comida e Arte (Cidade Alta). O evento começa às 19h e tem entrada gratuita. Além do espetáculo, tem o lançamento do CD com as músicas do 3º Concurso Dosinho de Marchinhas Carnavalescas e o show “Moby Dick Elétrico de Carnaval”.

Créditos: DivulgaçãoCom o diretor Junior Dalberto, atores revivem figuras folclóricas como Zé Areia, Embaixatriz do Brasil e Gardênia do BecoCom o diretor Junior Dalberto, atores revivem figuras folclóricas como Zé Areia, Embaixatriz do Brasil e Gardênia do Beco


Segundo o produtor do espetáculo, Marcelo Veni, o musical é uma importante homenagem ao compositor que se notabilizou no cenário carnavalesco do estado como um dos mais criativos letristas de marchinhas, inclusive com músicas gravadas por vários intérpretes de nome nacional.

“A marchinha é uma tradição antiga, mas a realização do musical é livre e dinâmica, e o repertório de Dosinho são tocam em temas atuais, críticos, e irônicos”, diz Veni. “Muito antes de os sambas-enredo e os trios elétricos baianos se tornarem as estrelas dessa festa, eram as marchinhas que alegravam os foliões”.

A trilha musical conta com 12 composições, dentre as quais: “Bloco do Mensalão”, “Mulher Mandona (Zé Mané)”, “Dólar na Cueca (Seu Careca)”, “Zé Boiola (Espanhola)”, “Antigos Carnavais”,  “Carnaval Com Bin Laden”, “Tô de Ressaca”, “Ninguém Leva a vida Como quer”, “Nem Velho Nem Feio”, além, claro, das famosas “Vão Me Levando” e “Doido Também Apanha”.

Créditos: DivulgaçãoElenco: João Antonio Valle, Eliane Albuquerque e Jocélio AlvesElenco: João Antonio Valle, Eliane Albuquerque e Jocélio Alves


O escritor e dramaturgo Junior Dalberto concebeu com a peça um encontro de personagens folclóricos da cidade, como Zé Areia, Embaixatriz do Brasil e Gardênia do Beco da Lama. “É também uma valorização cultural de personagens icônicas, divertidas e reais que viveram de maneira inusitada e fora dos padrões 'normais' da época”,  observa o diretor. “Percebemos que este espírito de brincadeira influencia diretamente o jeito de ser dos brasileiros, e faz parte de sua formação cultural”.

No elenco estão experientes artistas, como Eliene Albuquerque (Embaixatriz do Brasil), Ijailson Moreira (Palhaço), João Antônio Valle (Zé Areia), Jocélio Nunes (Gardênia) e a participação de Wecsley Mariano (Porta Estandarte). A ambientação artística é de Ricardo Jesus. O espetáculo tem o patrocínio da Prefeitura do Natal através do  Fundo de Incentivo a Cultura 2018.

Serviço
3º Baile das Marchinhas

Dia 17 de fevereiro, às 19h

Bardallos Comida e Arte (R. Gonçalves Lêdo, 678, Cidade Alta)

Entrada gratuita









Deixe seu comentário!

Comentários