Energia roubada em 2020 iluminaria Natal e Recife por dois meses

Publicação: 2020-10-30 00:00:00
As ações de prevenção e combate a desvios realizadas pela Neoenergia, empresa controladora da Cosern, entre janeiro e setembro de 2020 resultaram em 424,6 GWh de energia recuperada. Essa quantidade seria suficiente para abastecer Natal e Recife (2,4 milhões de habitantes), juntas, por um mês. Os dados são referentes as quatro concessionárias da Neoenergia – Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS), locais em que aconteceram mais de 380 mil inspeções no período.

Créditos: DivulgaçãoPopulares gatos foram desarmados pela Cosern em GenipabuPopulares gatos foram desarmados pela Cosern em Genipabu

A empresa possui diversas iniciativas e tecnologias voltadas a prevenir e combater desvios de energia, tais como a instalação de sensores inteligentes e medidores de energia mais modernos, que sinalizam qualquer tentativa de fraude. Esse trabalho já regularizou, nos nove primeiros meses do ano, 151,3 mil consumidores.

No Rio Grande do Norte, a Cosern recuperou 20,2 GWh, o equivalente ao consumo de uma cidade como Macaíba, por exemplo, pelo período de dois meses. Em todo o Estado, foram regularizados 5,9 mil clientes e realizadas 51,2 mil inspeções. De janeiro até agora, cinco pessoas foram presas pela Polícia em flagrante praticando o crime de desvio de energia elétrica (o popular “gato”).

“Investimos em inovação e inteligência para combater desvios de energia, contribuindo para que as pessoas tenham acesso à energia de forma regular e segura. Dois exemplos das tecnologias usadas são as ferramentas de analytics e os sensores, que são instalados nas redes. A inovação contribui para tornar os processos mais assertivos”, afirmou o diretor de Serviços ao Cliente da Neoenergia, Luiz Flávio de Sá. 

Sensores inteligentes são instalados em locais estratégicos, considerando estudos de alta complexidade – o que permite acompanhar o balanço energético da rede, potencializando o diagnóstico de detecção de fraude. Os equipamentos possibilitam a identificação dessas perdas, sendo importante instrumento para subsidiar as ações realizadas em parcerias com a Polícia nos cinco Estados nos quais a Neoenergia atua.

“Temos que entender que os procedimentos fraudulentos são prejudiciais para toda população, sobretudo para os consumidores que pagam suas contas em dia. Além dos riscos à vida, proporcionados pelas modificações na rede de forma inapropriada, parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por esse motivo, combatemos todos os tipos de fraudes, no mês de setembro mobilizamos as Polícias dos cinco Estados da área de concessão da Neoenergia e realizamos a maior operação de desvio de energia do país, sempre visando melhorar o fornecimento para nossos clientes.”, declarou o superintendente de Gestão da Receita da Neoenergia, Marcelo Fernandes.

Regularização de clientes
Quem ainda está irregular e não tem o medidor de energia instalado pode entrar em contato com as distribuidoras para fazer regularização da ligação, de forma gratuita. Para apoiar os consumidores e estimular a regularização, são oferecidas diversas facilidades quanto ao parcelamento e pagamento de faturas utilizando os canais digitais.

Denúncia
A Neoenergia reforça a importância da denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar as distribuidoras. As denúncias são feitas de forma anônima pelas Centrais de Relacionamento ou direto no site na parte de Canais de Atendimento > Denúncia de Irregularidade:

Cosern: 116
WhatsApp: (84) 3215-6001