Ensino superior do Instituto Kennedy comemora 18 anos

Publicação: 2012-12-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A formação de Ensino Superior do Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy comemora 18 anos de atividades com ampla programação, denominada de “Memória e Saberes Docentes”, realizada na semana que passou.
DivulgaçãoEventos: O Instituto de Formação Presidente Kennedy realiza Memória e Saberes DocentesEventos: O Instituto de Formação Presidente Kennedy realiza Memória e Saberes Docentes

A programação, ocorrida nas dependências da instituição, abrangeu o 3º Encontro Científico-Pedagógico do Instituto kennedy, o 2º Seminário do Programa Nacional de Formação de Professores para a Educação Básica, e a 6ª Mostra Artístico-Literária e Cultural do Kennedy. A escola tem 47 anos de existência.

Formação
O Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy, instituição de ensino vinculada a Secretaria Estadual da Educação, deu início a formação de professores no ensino superior no ano de 1994, período transitório entre o governo da época Vivaldo Costa, e Garibaldi Alves, governador eleito.

Nesses 18 anos tem contribuído com a qualificação, em nível superior, de professores que já estão em sala de aula.
“Trabalhamos na formação de professores que já estão em sala de aula na rede pública estadual, assim podemos melhor capacitá-los nas funções já exercidas e ampliar seus conhecimentos”, destaca a professora Maria de Fátima Pinheiro Carrilho, diretora do Instituto Kennedy.

O grande conjunto de atividades “Memória e Saberes Docentes” obteve efetiva participação de alunos e professores das licenciaturas de Pedagogia, Matemática e Letras do Instituto Presidente Kennedy.

Escola Normal
Mas, o “Instituto Kennedy” foi fundado para desenvolver um projeto educacional revolucionário durante o governo de Aluízio Alves, em 1965. Por muito tempo diplomou milhares de educadores com o “Curso Normal”, nível de formação média, para atuarem nas escolas públicas e particulares de Natal. Com a reforma de ensino, ainda no regime militar, a instituição começou ofereceu o então 2º grau para outros cursos, não apenas para o magistério.

O Kennedy abriga também a escola laboratório Presidente Kennedy (ensino fundamental), cuja vem apresentando índice positivo de avaliação no Rio Grande do Norte.

Noiva do sol, amante da prostituição
“O prostiturismo é, muitas vezes, estimulado pela nata natalense: donos de hotéis, de agências de turismo, de empresas de táxi, todos lucram com a prática, chegando até a anunciá-la mundo afora”.

A frase da estudante Taiana Cardoso, aluna da escola estadual José Fernandes Machado, em Ponta Negra, retirada do texto “Natal: Noiva do sol, amante prostituição”, que foi publicada na página 2, da TRIBUNA DO NORTE, na última quinta-feira, reflete muito bem a problemática do bairro/orla marítima onde fica a escola da estudante: Ponta Negra. O texto vale até como fonte para mover uma ação junto as instituições que defendem a cidadania. A cidade do Natal precisa ser vendida e explorada apenas como “noiva do sol”.  Nota dez para a redação da estudante Taiana que quer sua comunidade como a “noiva do sol”, e nota zero para quem quer fazer de Natal “amante da prostituição”.

Em tempo: O texto da estudante é finalista da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, vale a pena ler.

Mérito
Danilo Bezerra, estudante de jornalismo da UFRN, recebe nesta segunda-feira, dia 10, às 9h30, no plenário da Assembleia Legislativa, a Medalha Mérito Cultural Câmara Cascudo.  O motivo da homenagem é devido a desenvolver um projeto educacional em Almino Afonso (RN) sobre biblioteca comunitária.

Dissertação de dom Jaime
As atividades pastorais de monsenhor Expedito Sobral de Medeiros no Agreste Potiguar resultou na dissertação de mestrado do arcebispo de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, pela Unicamp/PE, em Ciências da Religião. Com o título de “Monsenhor Expedito: uma arauto da dignidade humana no sertão potiguar”, a pesquisa deverá ser publicada no próximo semestre.  Por mais de 50 anos, o “Profeta das Águas”, como era mais conhecido monsenhor Expedito, foi pároco de São Paulo do Potengi. Dom Jaime conta tudo sobre a fé do povo.

Mestrado profissional 
UFRN tem novos cursos de Mestrado profissional aprovados pela Capes: Profletras (Programa de Mestrado Profissional em Letras) e Energia Elétrica.O Profletras  será oferecido em rede nacional, abrangendo 42 universidades brasileiras, sob acoordenação do Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES-Caicó), e objetiva formar professores do ensino fundamental no ensino de LínguaPortuguesa em todo território nacional. Já o de Elétrica, de acordo como professor Rubens Maribondo Nascimento, coordenador Geral dePós-Graduação, o curso busca qualificar recursos humanos em área deengenharia e serve para aqueles que são profissionais na área”.Os dois cursos  têm previsão para iniciar no segundo semestre de 2013.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários