Equilíbrio desafiador

Publicação: 2019-12-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
As contas de vários estados continuam na corda bamba. O Rio Grande do Norte é um dos piores em matéria de equilíbrio fiscal (receitas x despesas), além do déficit de mais de R$ 2 bilhões deixado pelo governo anterior, também  herdado, em grande parte, do outro governo, tem outros problemas, como o déficit previdenciário de R$ 1,2 bilhão/ano. Aliás, o Rio Grande do Norte tenta um empréstimo para adiar a amortização da dívida.  Vai ficar para o próximo governo , caso a economia do País não volte a crescer.

ISENÇÃO

Compensar as prefeituras pela provável perda calculada entre 15% a 25%, com o novo Proedi, é uma questão de justiça tributária. A solução poderia vir de um acordo, antes de uma briga judicial.

Devolução

A Receita Federal libera amanhã, para consulta, o último lote do Imposto de Renda de 2019, ano-base 2018. O saque no banco indicado pelo contribuinte na declaração estará à disposição na segunda-feira, dia 16. Quem não estiver neste lote pode ter caído na malha fina. A sugestão é de direcionar parte desse dinheiro para abater as dívidas mais caras.

Efeitos


Na macroeconomia, os analistas lembram que uma redução maior da taxa básica vai a acelerar a queda de gasto financeiro do Poder Público. As despesas financeiras, que totalizaram 5,12% do PIB nos 12 meses até julho (R$ 359,1 bilhões), tendem a cair mais. As aplicações financeiras de curto e médio prazo ficarão menos atraentes.

BAIXO CONSUMO 

Cresce o temor de uma “japonização” da economia nos países ricos. Além da Europa, também a economia dos Estados Unidos começa a dar sinais que pode sucumbir à deflação, baixas taxas de crescimento e estímulos monetários extraordinários, mas incapazes de acelerar a economia.

Investidores e oportunidades

Os investimentos e incentivos à produção de combustíveis 100% renováveis, como o biodiesel, começaram na última década, mas são ainda modestos. Do ponto de vista estratégico, pode ser uma alternativa interessante, pois o biocombustível pode ser produzido em diferentes regiões do país, reduzindo a dependência das importações e o custo. Já a geração de energia limpa no Brasil registra cerca de 88% de fontes renováveis. Em termos de capacidade instalada, essas fontes cresceram 7.401 MW.

ENERGIA

Projeto que estimula o aumento da produção de energia elétrica “limpa” aguarda votação de parecer na CI do Senado. O projeto busca ampliar o uso de fontes renováveis na produção de energia elétrica no país, como a eólica – produzida pela força dos ventos – e a solar – captada da luz e do calor do Sol.

1- Uma PEC destina recursos dos Fundos Constitucionais, como o FNE, para obras públicas do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Parte dos Fundos Constitucionais das regiões mais pobres do País poderá ser aplicados e investidos em obras de infraestrutura, como saneamento básico, estradas, entre outras áreas.

2- A BRF (Sadia/Per digão) e a Emerge buscam cientistas com projetos na área de alimentos que desejam empreender.  Os grupos selecionados terão a oportunidade de receber mentoria de como aplicar sua pesquisa junto ao mercado.  O objetivo é encontrar soluções para desperdício e segurança de alimentos.

3- Um grande reforço para a agropecuária brasileira, o contrato assinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com o Banco Interamericano (BID). Vai  destinar US$ 200 milhões para a Defesa Agropecuária. Os recursos serão investidos nos próximos cinco anos no controle e erradicação de pragas e melhoria dos serviços de sanidade animal e vegetal.

CHUVAS

Para o Sudeste e Centro Oeste, a meteorologia está prevendo boas chuvas, até com risco de temporais. Também chove na região do Matopiba que abrange o Norte do Tocantins, Sul do Maranhão e do Piauí e Noroeste da Bahia. Uma grande área produtora de grãos e de carne (boi gordo).

PESQUISA


A Bayer espera lançar em até dois anos variedade de tomates resistentes ao vírus transmitido pela mosca-branca, o que será uma revolução para esse mercado. O tomate é um dos produtos agrícolas mais atacado por pragas e doenças. Por outro lado, uma linha de defensivos biológicos é indicada para agricultura orgânica.

AMBIENTE


A EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), por meio de sua unidade Senai Cimatec, e o Sebrae. desenvolve uma solução sustentável para resíduos de mármore. São cinco projetos em andamento para transformar o refugo de mármore, em composto de cimento ou argamassa, aparatos decorativos e até fertilizante agrícola.  O RN também extrai mármore e outras pedras.  O Brasil é o quarto maior exportador de rochas ornamentais no mundo, resultando em US$ 992,5 milhões em exportações.

LOJA


Mais enxuta e mais moderna do que as demais, a loja da Tok&Stok de Natal tem apenas 31 funcionários, mas a direção garante oferecer diversas inovações ao consumidor, como o novo modelo de layout da loja sem caixas de pagamento, que conta com atendimento mobile e via tinpad, diretamente com o vendedor. Tem ainda o novo método de pagamento 100% digital da Tok&Stok chamado TokPay.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários