Especialista em raios explica causas do fenômeno em chuvas no RN

Publicação: 2019-03-13 19:04:00 | Comentários: 0
A+ A-
A forte chuva que atingiu todas as regiões do Estado nesta quarta-feira, 13, chamou atenção pelo grande número de raios, trovões e relâmpagos que a precipitação provocou. De acordo com a Companhia de Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), foram registradas 1.415 ocorrências de interrupções no fornecimento de energia provocadas por incidência de raios neste ano até esta quarta-feira. O número é menor do que as 2.054 ocorrências registradas em 2018.

Chuva forte e raios atingiram quase todo o estado

Especialista em raios do Departamento de Ciências Atmosféricas e Climáticas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o professor Weber Gonçalves, as precipitações que estão atingindo o Rio Grande do Norte trazem raios por uma explicação: a formação de gelo nas nuvens. "Com relação ao ano passado, aconteceram mais chuvas com raios para a região. São chuvas mais severas e a presença de raios acontece com a formação de 'nuvens frias', com presença de gelo. Ou seja, forma-se gelo, a nuvem se polariza e os raios são formados e lançados na superfície", comenta.

Porém, Weber não aponta que o ano apresenta aumento em relação a série histórica registrada no estado. Além disso, foi registrado também o aumento da temperatura das águas do Oceano Atlântico, responsável pela elevação da umidade relativa do ar na região.

De acordo com a assessoria de comunicação da Companhia, nem todo raio causa prejuízo à rede elétrica. No entanto, os clientes que tiveram eletrodomésticos com algum problema em razão do efeito dos raios no fornecimento de energia, deverá procurar uma agência de atendimento para solicitar o pedido de ressarcimento.

Cosern dá dicas de segurança para minimizar riscos de acidentes com energia em período chuvoso

- Não ligue equipamentos elétricos se você estiver molhado ou descalço;
- Em caso de choque elétrico dentro de casa, desligue IMEDIATAMENTE o disjuntor;
- Desconecte das tomadas, com segurança, os aparelhos eletrônicos que não estiverem sendo usados;
- Se perceber que as paredes da casa estão úmidas, evite o contato com elas e não ligue equipamentos elétricos em tomadas instaladas ali, pois elas podem ser fonte de choques (veja dica acima) e mau funcionamento de equipamentos;
- Não seque roupas na parte de trás da geladeira. Isso representa risco de choque elétrico e pode danificar o equipamento;
- Ao ar livre, sempre mantenha distância da rede elétrica, independente se estiver chovendo ou não;
- Evite ficar em áreas descampadas (abertas) como campos de futebol, piscina, lagos, lagoas, praias, árvores, postes, mastros e locais elevados. Recomenda-se ficar dentro de casa ou em local abrigado durante a chuva;
- Não fique debaixo de árvores e/ou estruturas metálicas durante temporais com raios e, em casa, evite o contato com objetos com estrutura metálica como fogão, canos, etc., sobretudo se a casa estiver em campo aberto;
- Não realize serviços como instalação ou manutenção de antenas em locais onde o risco de exposição aos raios seja maior;
- Não instale, desligue ou remova antenas se estiver chovendo. Se sua antena cair sobre a rede ou próximo a ela, nunca tente segurá-la ou recuperá-la;
- Caso encontre um fio caído, jamais se aproxime e ligue imediatamente para o116 da Cosern.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários