Esportes de Primeira - Itamar Ciríaco
Esporte
Publicado: 00:00:00 - 22/07/2021 Atualizado: 23:58:14 - 21/07/2021
Itamar Ciríaco - itamar@tribunadonorte.com.br

Sempre tive uma grande relação com o futebol. Do primeiro casamento do meu pai veio um grande talento do esporte no Rio Grande do Norte. O zagueiro Ivan Matos é considerado, por muitos, um dos melhores que já atuaram nos campos locais e regionais. Por ser muito mais jovem não tive a oportunidade de acompanhar. Mas essa proximidade foi o que me distanciou do esporte que sempre amei. Preocupado com o fato de que atletas de futebol, em sua maioria, escolhem o caminho apenas da bola e abandonam os estudos, seu Itamar não via com bons olhos minha participação nos gramados. Um vez, ainda menino, me viu jogar e se preocupou. Eu não era craque, mas levava jeito pra coisa e, se trabalhado, poderia sim ter crescido no esporte. Então, impedido de jogar com os pés, fui praticar o esporte com as mãos. Comecei pelo voleibol, fui campeão dos Jern's com o professor Caicó e, depois, por influência de amigos, troquei o vôlei pelo handebol. Foram muitos anos de esporte e lembro isso para dizer da importância que esta relação tem na minha vida até hoje. Primeiro pelas relações de amizade que criei, por aprender a ganhar com respeito e perder com humildade. Depois por ver a importância do trabalho coletivo, do crescimento em conjunto, da divisão de responsabilidades. Por fim, mas não menos importante, pela saúde que o esporte lhe proporciona quando praticado desde muito jovem. Ainda hoje, aproveito os resultados daquele tempo, apesar da atualidade não servir como referência. Digo isso tudo para alertar pais para  a importância de que seus filhos pratiquem esportes. O ganho não é apenas físico. É psicológico e também social. Esporte é vida, sem dúvida.

Esporte 1
Leve e moderada. Essa tem sido a rotina de treinos de muitas pessoas após vencer a covid-19. Sequelas cardiorrespiratórias são algumas das justificativas para essas intensidades de exercícios físicos e, por isso, os cuidados precisam ser redobrados, alertam os especialistas. Em muitos casos, as sequelas permanecem, mesmo após o desaparecimento dos sintomas. De acordo com o coordenador fitness da Bodytech Tirol, em Natal, Thiago Siqueira, o exercício físico é um fator importante dentro do processo de recuperação das sequelas deixadas pela doença, não só pelos benefícios físicos, mas também psicológicos. Ele ainda ressalta que é importante que o aluno comunique a academia ou ao profissional de educação física que irá atendê-lo sobre ter vencido o coronavírus. Cuidem-se amigos.

Bairros
Uma das grandes reclamações que sempre recebemos diz respeito às quadras de esportes. No entanto, uma série de obras de melhoria em quadras de esportes e campos de Natal, promovidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL), estão prestes a ser entregues. Serão disponibilizadas para a população três quadras, situadas no Conjunto dos Garis, em Mãe Luíza e Capim Macio, assim como três campos de futebol, entre eles, o estádio Senador João Câmara, nas Rocas, além de outros em Mãe Luíza e no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, contemplando as quatro regiões de Natal.

Olimpíadas
O atletismo brasileiro terá galeria permanente no eMuseu do Esporte a partir de agosto. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e o eMuseu assinaram parceria para a criação da galeria que trará os principais personagens do esporte número 1 do programa olímpico, que existe desde a Antiguidade e a primeira edição dos Jogos da Era Moderna, em 1896. Esta será a décima galeria fixa do eMuseu, que tem como objetivo celebrar a memória do esporte e seu legado em um formato inovador e colaborativo. Serão expostos acervos das grandes conquistas do atletismo brasileiro, sua história e a trajetória de seus grandes atletas, dentre eles os campeões olímpicos Adhemar Ferreira da Silva, Joaquim Cruz, Maurren Higa Maggi e Thiago Braz da Silva e os campeões mundiais Fabiana Murer e Mauro Vinícius da Silva, o Duda. O atletismo brasileiro tem 17 medalhas (5 de ouro, 3 de prata e 9 de bronze) ganhas em Olimpíadas. Um total de 34 medalhas foram conquistadas em Olimpíadas e em Mundiais ao ar livre e indoor adultos. 

Drogas
O Colégio Marista de Natal  em parceria com a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, desenvolveu o Programa de Resistência às Drogas e a Violência – PROERD, junto aos educandos dos 4o e 5o anos do Ensino Fundamental. Agora, é chegada a hora da Cerimônia de Formatura dos estudantes atendidos pelo Currículo do PROERD. A formatura ocorrerá no dia 31 de julho (sábado). Um belo projeto com a participação da nossa Polícia.

Social
Em Parnamirim, região metropolitana de Natal - RN, o futebol tem feito a diferença nas vidas de centenas de crianças e adolescentes que vivem na Comunidade Toca da Raposa. Há cinco anos o projeto Gol e Sons de Esperança, mantido pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), assiste famílias em situação de vulnerabilidade social por meio da prática esportiva associada à educação. Juntamente com as aulas de futebol, o projeto oferece cursos de inglês, espanhol e francês, alfabetização e reforço escolar, além de musicalização vocal e instrumental. O País precisa de mais ações como essa nas comunidades.

Corridas na TV
Triatletas, corredores, nadadores, ciclistas, atletas de endurance terão um espaço na TV. O Programa Bora Correr com Breno Perruci está pronto pra ir ao ar. A estreia é neste próximo sábado (24), às 9h, na TV Assembleia. 






Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.




Leia também