Economia
Estado busca ampliar fatia do setor na exportação
Publicado: 00:00:00 - 07/08/2016 Atualizado: 09:55:30 - 06/08/2016
Apodi – A fruticultura é uma das prioridades também para o governo do estado, sobretudo para a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape). De acordo com o secretário Guilherme Saldanha, que participou do seminário ‘A Fruticultura Irrigada no Médio Oeste’, a meta da pasta é estimular a atividade de modo que as frutas frescas ultrapassem a média de 35% de participação na pauta de exportações do Rio Grande do Norte.

Leia Mais

Segundo Guilherme Saldanha, apesar de o RN Sustentável reservar cerca de R$ 100 milhões para a agricultura, não a previsão de recursos para investimento. O titular da pasta vê como estratégia a o fortalecimento de pequenos fruticultores. “A saída é via pequenos produtores e uma empresa para fazer a parte comercial. Ao uni-los, conseguimos produção em escala e regularidade. A solução passa por aí. E a uva é uma dessas frentes”.

Além do apoio aos pequenos, a estratégia de atuação da secretaria é desburocratizar a legislação, sobretudo o licenciamento ambiental, para o setor agrícola, que juntamente com a ampliação das exportações de frutas frescas formam os três pilares da gestão de Guilherme Saldanha. “Se tornarmos a agricultura inviável, imagine o que será do nosso estado!”.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte