Natal
Estado confirma mais 129 casos de infecção pela variante delta
Publicado: 00:00:00 - 16/10/2021 Atualizado: 22:47:04 - 15/10/2021
Após o retorno das amostras enviadas à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para análise, o Laboratório Central Dr. Almino Fernandes (Lacen-RN) confirmou 129 novos casos da variante Delta no Rio Grande do Norte. Os resultados são referentes a amostras coletadas nos meses de agosto e setembro que tiveram seu resultado divulgado apenas agora.

ARQUIVO TN
Presença da variante delta tem sido confirmada por exames da Fiocruz. Secretaria de Saúde reforça necessidade de medidas

Presença da variante delta tem sido confirmada por exames da Fiocruz. Secretaria de Saúde reforça necessidade de medidas


Com as confirmações, o RN chegou a 173 amostras positivas em 30 municípios. O maior número de casos é do município de Parnamirim (43), seguido por Goianinha (10) e Nísia Floresta (7). A capital, Natal, tem 5 amostras positivas para a variante Delta. 

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reforça a necessidade de manutenção das medidas sanitárias, principalmente o uso de máscara e álcool gel, além da vacinação em seu esquema completo, com duas doses.

Com os índices da pandemia de coronavírus apresentando os índices mais baixos dos últimos meses, seja em questões epidemiológicas e assistenciais, especialistas em saúde pública afirmam que a confirmação da circulação da variante Delta no Rio Grande do Norte deve fazer a população ficar atenta aos cuidados básicos e administrar as duas doses da vacina contra a Covid-19 bem como o Poder Público avaliar as flexibilizações e liberações de eventos, que caso aconteçam, precisam seguir estritamente as regras estabelecidas.

Para a imunologista e pesquisadora da UFRN, Janeusa Trindade de Souto, com a transmissibilidade alta da variante, é importante que os potiguares se conscientizem quanto à vacinação. "A preocupação é em relação a celeridade da vacinação e especialmente sobre as pessoas que não tomaram a segunda dose, que estão em atraso, é um alerta importante. Com a chegada da delta, a orientação é que as pessoas busquem os postos de vacinação para tomar a D2. Não é hora de abandonar o uso da máscara. Estudos mostram que mesmo as pessoas com as duas doses da vacina, podem se infectar, não ter a forma grave da doença, mas transmitir para outras pessoas", aponta. 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte