Estado se aproxima dos 5 mil mortos pela covid-19

Publicação: 2021-04-08 00:00:00
O Rio Grande do Norte está se aproximando dos 5 mil óbitos em decorrência da covid-19. Nesta quarta-feira (7), o Estado chegou a 4.786 mortes pela doença, sendo 76 óbitos contabilizados, com 23 deles ocorridos no intervalo de 24 horas e outros 53 que tiveram a causa confirmada para a infecção pelo novo coronavírus. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no Boletim Epidemiológico 328.

Créditos: Adriano AbreuNúmero de pessoas mortas pela covid-19 em todo o Rio Grande do Norte em março passado bateu novo recorde: 882 vítimas fataisNúmero de pessoas mortas pela covid-19 em todo o Rio Grande do Norte em março passado bateu novo recorde: 882 vítimas fatais

Os 23 óbitos confirmados ocorridos nas últimas 24h e notificados nesta quarta-feira foram os seguintes: Natal (6), Guamaré (1), Macaíba (2), Pureza (2), Angicos (1), Caraúbas (1), Santa Cruz (1), Nísia Floresta (1), Itaú (1), Assu (1), Areia Branca (1) e Mossoró (5). Os outros 53 confirmados para a covid-19 nesta quarta-feira não tiveram detalhadas a data de ocorrência pela Sesap/RN.
A pasta analisa, ainda, outras 934 mortes sob suspeita para a covid. Pelo menos 724 óbitos foram descartados para a infecção.


Brasil
O Brasil superou 340 mil mortes em função da covid-19. Com 3.829 mortes registradas em 24 horas, o país chegou a 340.776 vidas perdidas para a pandemia. Ainda há 3.589 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente. Os dados são do Ministério da Saúde.

Já o total de pessoas infectadas desde fevereiro de 2020 subiu para 13.193.205. Em um dia (terça para a quarta-feira) foram confirmados 92.625 novos diagnósticos positivos. O número de pessoas recuperadas subiu para 11.664.158. Já a quantidade de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.288.271.

O ranking de Estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (79.443), Rio de Janeiro (38.282), Minas Gerais (25.303), Rio Grande do Sul (21.261) e Paraná (18.118). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.318), Amapá (1.356), Roraima (1.367), Tocantins (2.157) e Sergipe (3.668).

Forças de segurança serão vacinadas a partir de hoje
O Governo do Rio Grande do Norte inicia nesta quinta-feira (8) a vacinação contra o coronavírus para os agentes da segurança pública que atuam no Estado. Nesta primeira remessa, serão aplicadas 1.040 doses do imunizante CoronaVac, da biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

Devem se vacinar servidores públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e agentes públicos das guardas municipais.

Na capital potiguar e no interior do Estado, a vacina será aplicada em cinco unidades da Polícia Militar. São elas: Natal (Comando Geral da PM). A vacinação acontece nesta quinta-feira (8), de 7h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h.

Em Mossoró (Hospital da PM), a vacinação acontece nesta quinta-feira (08), de 8h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h. Em Caicó (6º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 9h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h. Em Pau dos Ferros (7º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 08h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h. Em Nova Cruz (8º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 13h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h.

De acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), estão sendo priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid19, de maneira escalonada e proporcional, que atuam nas seguintes situações: trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes; em resgates e atendimento pré-hospitalar;  envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19; nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

A vacinação será realizada pelas equipes de saúde das próprias forças de segurança e salvamento, com participação e supervisão municipal.

Vacinação em moradores de rua segue
A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS Natal) destinou cerca de 300 doses da vacina Oxford/AstraZeneca para imunizar pessoas em situação de rua que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 no município. A ação aconteceu nesta quarta-feira (7), em uma estrutura montada na Toca de Assis, destinada aos moradores que não fazem parte de programas de cobertura municipal como os do Centro Pop ou do Albergue Municipal, já contemplados anteriormente.

A imunização desse público está contemplada no Programa Nacional de Imunização contra a Covid-19, e a intenção é imunizar essa população por ser um grupo que possui um risco maior de exposição e transmissão do vírus. “Nossa equipe do consultório de rua trabalha com a vacinação e os cartões vacinais para essa população, e dando as orientações que daqui a três meses será aplicada a segunda dose, já que estamos trabalhando com a vacina de Oxford”, comentou Alessandra Pierre, coordenadora do Consultório na Rua de Natal.

O cadastro dos moradores foi realizado previamente por grupos de voluntários que trabalham com essa população. Foi gerado, então, um cartão de identificação com o nome e o local onde esses moradores geralmente se concentram, para assim articular melhor a vacinação.