Esportes
Estadual: Treinador do América, Renatinho culpa cansaço por 0 a 0
Publicado: 00:00:00 - 27/01/2022 Atualizado: 22:34:09 - 26/01/2022
Após empatar sem gols com o Força e Luz ontem (26), Renatinho Potiguar fez críticas à distribuição dos jogos da 6ª rodada do Campeonato Potiguar. A principal reclamação do técnico do Alvirrubro foi em relação ao compromisso do ABC, rival na luta pela ponta da tabela no primeiro turno, ser o único marcado para o domingo.

Adriano Abreu
O América não conseguiu repetir a intensidade de jogos anteriores e foi anulado pela forte marcação do Força e Luz no Nazarenão

O América não conseguiu repetir a intensidade de jogos anteriores e foi anulado pela forte marcação do Força e Luz no Nazarenão


"Se é pra um é pra todo mundo. Todas as equipes jogam hoje e só o ABC no domingo. Que fórmula é essa? ", afirmou o técnico em entrevista à Jovem Pan News Natal. O comandante do Alvirrubro se reporta ao duelo Santa Cruz x ABC, que será disputado no domingo (30) após a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) atender solicitação do Tricolor, que será mandante no duelo realizado no Frasqueirão. Enquanto isso, as outras seis equipes entram em campo nesta quarta. Além de Força e Luz x América, entram em campo às 20h Potiguar x Potyguar, em Currais Novos, e Globo x Assu, em Ceará-Mirim. 

Renatinho reclamou do tempo de descanso menor que teve no comparativo com o ABC após o clássico, vencido pelo Alvirrubro no final de semana. "Eu preciso entender essa competição. Todos os clubes jogam no desgaste e o adversário (ABC)  joga no domingo. Se dá uma folga e isso leva a uma vantagem", afirmou, destacando que as críticas não ocorreram por conta do resultado. "Eu tinha alertado a diretoria do risco desse jogo hoje. (...) O Campeonato Estadual precisa rever algumas coisas", destacou.

O jogo

América e Força e Luz fizeram um jogo fraco tecnicamente no Nazarenão e empataram em 0 a 0. A partida está foi disputada ontem (26) e foi válida pela sexta rodada do Campeonato Potiguar. Com o resultado o Alvirrubro assume a liderança isolada com 13 pontos e torce contra o ABC, que joga domingo no Frasqueirão contra o Santa Cruz.

Adriano Abreu
O goleiro Odair, do Força e Luz, fez algumas boas defesas no jogo

O goleiro Odair, do Força e Luz, fez algumas boas defesas no jogo


O Alvirrubro foi para campo modificado pelo técnico Renatinho Potiguar. No entanto, as mudanças decorreram de questões médicas dos titulares e não por opção tática ou técnica do treinador.

Na ala direita, sem poder contar com Felipinho, a escolha do técnico americano foi por Rodrigo. No meio de campo, quando todos apostavam que Márcio Mossoró seria titular, Renatinho voltou a escalar Téssio na meia-esquerda.

Já o time do Força e Luz, comandado por Eugênio Soares, veio sem modificações em relação ao jogo anterior, no qual venceu o Potiguar, em Mossoró. As apostas do “Time Elétrico” eram no meia Histone e nos atacantes Pernambuco e Edson Capa.

A temperatura elevada no início da tarde em Goianinha e o gramado ruim do Nazarenão ditaram o ritmo do jogo no início da partida. Passes errados e derrapadas se juntaram à tentativa dos jogadores de economizar o preparo físico para os 90 minutos. Com isso, até os 10 minutos, pouca emoção e mais erros que acertos.

O primeiro chute a gol do América aconteceu apenas aos 20 minutos e veio na bola parada. Falta na entrada da área do Força e Luz, pela direita, Téssio cobrou bem e a bola passou perto da trave do goleiro Odair.

Aos 36 o Força e Luz deu a resposta. O time da casa roubou a bola, saiu em velocidade pela direita e Joedson apareceu na cara do gol. Na hora de concluir, no entanto, ele bateu para fora. Depois desse lance pouca coisa aconteceu de importante num primeiro tempo fraco.

Percebendo a baixa criação ofensiva do América, Renatinho Potiguar lançou mão de Márcio Mossoró. O camisa 20 substituiu Téssio que não fez um bom primeiro tempo. O meia se posicionou pela esquerda para tentar jogadas com o ala Leozinho e o atacante Wallace Pernambucano.
Mas a primeira chance da etapa final veio com o Força e Luz. Aos 17 minutos o time da casa roubou a bola no meio. Histone fez um carnaval e tocou para Mantega. O jogador, que acabara de entrar no jogo, mandou a “bomba” para grande defesa de Bruno.
Depois desse lance o América tentou de tudo para chegar ao gol do Força e Luz. Renatinho Potiguar usou tudo que podia do seu banco de reservas. Tentou ajustar a equipe nas duas alas e também no meio, mas as mudanças não surtiram efeito e o jogo se arrastou até um zero a zero sem graça no estádio Nazarenão.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte