Estrutura de serviços essenciais é reforçada para período do carnaval

Publicação: 2020-02-18 00:00:00
A+ A-
O Carnaval em Natal está chegando e a expectativa do folião não fica apenas no campo das atrações anunciadas no início do mês. Os foliões buscam, também, aliar a alegria do carnaval de rua com alternativas que garantam segurança, saúde para uma possível emergência e fluidez nos corredores, mesmo com a instalação de sete pólos espalhados pelas quatro regiões da cidade. A pouco menos de uma semana, a organização se debruça nos últimos ajustes para um evento que, segundo a Funcarte, deve superar o público do ano passado, quando cerca de 600 mil pessoas foram às ruas de Natal para a celebração carnavalesca.

Créditos: Adriano AbreuPalco do pólo Ponta Negra, um dos maiores da estrutura do carnaval em Natal, já está pronto para receber os shows a partir da sexta-feiraPalco do pólo Ponta Negra, um dos maiores da estrutura do carnaval em Natal, já está pronto para receber os shows a partir da sexta-feira


A programação do Carnaval na capital foi anunciada no último dia 5 de fevereiro pelo Prefeito Álvaro Dias. Na ocasião, foi revelado que o evento contará com incremento em relação às edições anteriores do evento. Desta vez, serão sete pólos (Ribeira, Ponta Negra, Petrópolis, Redinha, Rocas, Centro Histórico e zona Oeste), que passarão a contemplar as quatro regiões regiões da cidade. 

Representantes das secretarias municipais estão debatendo os últimos ajustes sobre o planejamento para as apresentações. Definições acerca da segurança pública, transporte público, trânsito, saúde pública e limpeza pública. A TRIBUNA DO NORTE ouviu as coordenações de cada setor e mostra como serão implementados serviços fundamentais para o folião curtir o Carnaval em Natal 2020 da melhor maneira.

Saúde
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) o evento contará com três unidades avançadas para apoio aos foliões. As unidades contarão com presença de médico, enfermeiro e técnico de enfermagem a postos. Além da estrutura, serão disponibilizadas ambulâncias para possíveis demandas de transferências do paciente para um hospital e estrutura dentro do veículo para que sejam realizados procedimentos como pequenas suturas, hidratação e medicações sintomáticas. “Esta é a primeira vez que o evento contará com a estrutura de três PMA's que estarão concentradas nos três pólos de maior aglomeração de pessoas. Toda a rede de urgência e emergência do município também terá a estrutura reforçada para atendimento durante o carnaval”, afirmou a assessoria de comunicação da SMS. Compõem a rede 4 Unidades de Pronto Atendimento de Saúde (Upas), além do Hospital Municipal. Nos pólos que não contarem com as unidades avançadas, a SMS disponibilizará estrutura com ambulância, técnico de enfermagem e um condutor socorrista.

A secretaria afirmou que distribuirá preservativos masculinos e femininos, além de gel lubrificante para os foliões nos sete pólos. Também em todos os locais de evento, serão realizados testes rápidos para detecção de HIV e Sífilis, duas das mais conhecidas IST's. “O objetivo é conscientizar as pessoas quanto à importância de prevenir Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) através da promoção à saúde. Tanto o preservativo masculino e feminino previnem contra HIV, Gonorreia, HPV, Hepatites, entre outras IST's”, afirmou a SMS. Ao todo, durante o período carnavalesco, a secretaria vai disponibilizar mais de 60 mil preservativos.

Segurança Pública
Apesar de ainda estar definindo detalhes do esquema de segurança que será adotado no Carnaval em Natal, que deverá ser anunciado em entrevista coletiva no decorrer da semana, a Polícia Militar adiantou que disponibilizará 6.107 policiais - em escala ordinária e extraordinária - durante os festejos carnavalescos em Natal e região metropolitana. De acordo com a Polícia Civil, serão disponibilizadas unidades de delegacias móveis, que são vans equipadas e preparadas para funcionar tal qual uma delegacia. A corporação, no entanto, não especificou quantas unidades e onde estarão disponibilizadas. O intuito, segundo a Polícia Civil, além de prestar atendimento rápido, é a contribuição para o aumento da sensação de segurança da população durante os festejos carnavalescos. Equipadas com computador, impressora, mesa e cadeiras, nelas é possível registrar boletim de ocorrência, auto de prisão em flagrante, termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e boletim de ocorrência circunstanciado (BOC).

Além da atuação das Polícias Civis e Militar, pelo menos 50 guardas municipais estarão atuando diariamente durante o evento. Entre suas atribuições, estão as ações normais, como os encaminhamentos dos infratores às delegacias de plantão – e as próprias unidades móveis – além de uma parceria com a Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (Deprema) e a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal (Semurb)para que os guardas fiscalizem as licenças dos eventos que serão realizados.

Longe dos eventos do Carnaval em Natal, a Polícia Rodoviária Federal garantirá a segurança das rodovias que dão acesso à capital potiguar. O detalhamento do esquema de segurança da corporação será divulgado apenas na quarta-feira, no entanto a PRF adiantou que contará com um aumento de 30% no efetivo durante a operação que vai da sexta até a quarta-feira de cinzas, 26.

Transporte e Trânsito
De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) participarão na operação durante o Carnaval 60 agentes de mobilidade e 28 viaturas, dentre carros e motos. Haverá cronograma especial para cada um dos sete pólos, envolvendo interdições em vias públicas e alterações no itinerário de linhas de ônibus.

Por conta das apresentações no Polo Petrópolis, serão bloqueadas as ruas Seridó – das avs. Prudente de Morais até Afonso Pena –, Manoel Machado e Joaquim Fabrício – da Rua Cel. Joaquim Manoel até a Rua Seridó – e a Av. Campos Sales – da Rua Potengi até a Rua Seridó. A interdição da região começa no dia 19 e segue até 26 de fevereiro. As interdições motivam alterações no itinerário da linha 35 e 39. Os desvios das linhas de ônibus ocorrerão a partir 17h de cada dia, no período de 20 a 25 de fevereiro.

Em relação ao Polo das Rocas, será fechada a Rua Pereira Simões – no trecho da rotatória com a Rua São João de Deus até a Rua São Francisco. Também serão bloqueadas a Rua São João de Deus – da Travessa Pereira Simões até a Rotatória com a Rua do Areal –, e a Rua das Donzelas – da Rua Jacinto Dantas até a Rotatória com a Rua do Areal. Os bloqueios já iniciam nesta sexta-feira (21/02) seguindo até segunda-feira (24/02). Com a interdição, as linhas 33, 59, 64A/43 também terão alterações em seu itinerário.

Por conta das apresentações no Polo da Ribeira, os bloqueios iniciam no sábado (22) e domingo (23) e será fechada a Av. Duque de Caxias, da Esplanada Silva Jardim até a Praça Augusto Severo. Também serão fechadas as ruas Quinze de Novembro, Ferreira Chaves – todas no trecho da Rua Frei Miguelinho até a Rua Almino Afonso –, Rua Nísia Floresta – da Rua Frei Miguelinho até a Av. Duque de Caxias –, e a Travessa Bom Jesus – da Rua Almino Afonso até a Av. Duque de Caxias. Com o bloqueio, as linhas 13, 22/71, 33A, 35, 59, 64A/43, 75, 78A/47, 81, 84, 85 e 313 sofrerão desvios no percurso normal.

Na zona Oeste, as apresentações no Pólo Nazaré, causará interdição na Rua Hidrógrafo Vital de Oliveira será fechada no trecho entre a Av. Jerônimo Câmara até a Av. Capitão-Mor Gouveia, ao lado da Rodoviária de Cidade da Esperança. A interdição começa a partir desta sexta-feira (21/02) e segue até quarta-feira (26/02). Para o Pólo Centro Histórico, serão interditadas o entorno das praças André de Albuquerque e Sete de Setembro a partir desta quinta-feira (20/02) até a quarta-feira (26/02). Neste pólo, não há alterações em linhas de ônibus.

Na Redinha, serão montados dois palcos, sendo um no Largo do Buiu e outro na Praça do Cruzeiro. As interdições ocorrem apenas no Palco da Praça do Cruzeiro, sendo interditadas as ruas José Herôncio de Melo e a Travessa do Cruzeiro – do trecho da Rua Eng. Clóvis Aragão até a Praça do Cruzeiro –, e a Rua do Cruzeiro, da Praça do Cruzeiro até a Rua Presbítero Manoel Alves Cardoso. Nenhum dos palcos do Polo Redinha afeta a circulação das linhas de ônibus.

Por fim, no Pólo Ponta Negra, ocorrerá interdições no entorno da Praça Ecológica de Ponta Negra, mais conhecida como Praça do Gringo’s. Serão bloqueadas a Av. Praia de Ponta Negra – da Rua Praia de Itapuã até a Rua Eng. Amon Saraiva da Silveira –, Rua Palestina – da Av. Eng. Roberto Freire até a Praça – e Rua Praia do Rio Doce – da Rua Praia do Zumbi até a Praça. Neste pólo não há alterações em linhas de ônibus.

Números
6.107 Policiais Militares trabalharão em Natal e Região Metropolitana no período do Carnaval este ano.

60 agentes de Mobilidade Urbana estarão nas ruas de Natal nos dias de folia na capital.








Deixe seu comentário!

Comentários