Cookie Consent
Natal
Estudantes de Natal desenvolvem ideias de startups com modelos de negócios viáveis
Publicado: 15:01:00 - 29/06/2022 Atualizado: 15:09:23 - 29/06/2022
Estudantes do ensino médio foram estimulados a desenvolver habilidades voltadas para o mundo dos negócios em Natal. Dentro da disciplina de Empreendedorismo e Liderança, alunos do 1° e 2° ano do Colégio Porto desenvolveram 38 projetos, que foram avaliados em diversos critérios. Seis ficaram entre os finalistas e três foram premiados.

Cedida
A disciplina Empreendedorismo e Liderança, do Colégio Porto, estimulou alunos do ensino médio a desenvolverem modelos de startups

A disciplina Empreendedorismo e Liderança, do Colégio Porto, estimulou alunos do ensino médio a desenvolverem modelos de startups


A primeira colocação ficou com o grupo da 2ª série B, que apresentou o TickToy, para a venda e troca de brinquedos por meio de aplicativo. O grupo é formado pelas estudantes Julia Azevedo (líder), Anna Beatriz Dantas, Anna Ramalho, Marina Souto e Pietra Mendonça. “A gente se preocupou em criar uma ideia viável para se investir, diferente e que tivesse também a pegada da sustentabilidade”, afirmou a líder da equipe vencedora, Julia Azevedo. 

O segundo lugar também ficou a mesma turma, com o projeto Unipower: Investimento e comercialização de energia renovável, dos estudantes João Eduardo (líder), Paulo Vitor, Anísio, Eduardo José, João Pedro e Antônio. O terceiro lugar foi para a turma da 1ª série B, com o Economicar - Aplicativo de assistência e busca de postos e serviços automotivos com melhores valores, dos alunos Pedro Gentil (líder), Valentina, Amanda, Maria Luiza e Marian. O grupo vencedor foi premiado com o valor de R$ 500. 

A proposta era apresentar um modelo para abertura de uma startup de verdade. Os estudantes foram avaliados pela equipe de gestão da Incubadora Tecnológica IFRN Natal-Central (ITNC), formada pelos gestores Pablo Fernandes e Claudine Carrilho, e pelo CEO da empresa Loucos por Coxinha, Pablo Farias. No total, os 38 projetos foram avaliados em critérios como originalidade, funcionalidade, qualidade e apresentação. Claudine e Pablo avaliaram a possibilidade de incubar o projeto. Já Pablo Farias observou a possibilidade de investimento.  

O trabalho foi conduzido pelo professor Fábio San Martin, que é referência nessa área no RN. “O grande objetivo foi desenvolver neles a capacidade de tirar a ideia da cabeça e colocar no papel, em forma de projeto. Todos os grupos tinham grandes ideias e aqueles que foram vencedores conseguiram replicar, formalizar o projeto de uma maneira mais tangível, de forma que os avaliadores conseguiram enxergar ali uma sustentabilidade”, explicou. 

Empreendedorismo e Liderança

Segundo o Colégio Porto, as aulas da disciplina Empreendedorismo e Liderança intercalam etapas que constroem a capacidade de empreender. Na ocasião, os jovens aprendem sobre ter visão de mercado, criatividade, inovação e comunicação. Também há a oportunidade, durante as aulas, de interagir com empreendedores de verdade, que já estão no mercado. 

“A disciplina proporciona aos alunos a capacidade de compreender as mudanças econômicas, geoeconômicas, sociais, políticas e culturais e de atuar de forma ética, responsável e proativa, na construção de uma sociedade mais humana, sustentável e próspera”, resumiu a diretora pedagógica, Ana Cristina Dias.

Ainda de acordo com o Colégio, as aulas de Empreendedorismo e Liderança estão em sintonia com o ensino de Ciências Humanas, preconizado pela Base Nacional Comum Curricular, que objetiva estimular os alunos a desenvolver uma melhor compreensão do mundo. A disciplina é conduzida pelo professor Fábio San Martin, que é administrador de empresas e possui MBA em Gestão de Negócios pelo Ibmec, com experiência internacional e mais de 15 anos de atuação no mercado.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte