EUA terá programa de empréstimo de US$ 40 bi para iniciativas de energia limpa

Publicação: 2021-03-04 06:19:00
A secretária de Energia dos Estados Unidos, Jennifer Granholm, disse que o governo do presidente Joe Biden pretende reviver um programa bilionário de garantias a empréstimos para empresas. Segundo Granholm, até US$ 40 bilhões serão disponibilizados para projetos de energia limpa.

Créditos: Divulgação

"Tem de ser limpa. É só isso", disse. Entre as iniciativas que poderiam receber o financiamento, Granholm citou projetos para capturar e armazenar emissões de dióxido de carbono e o combustível de hidrogênio verde, além de fontes de energia eólica, solar, hidrelétrica, geotérmica ou nuclear.

A nova edição do programa será supervisionada pelo empresário de energia limpa de longa data dos Estados Unidos Jigar Shah, um dos pioneiros da energia solar no país.

O programa de garantias a empréstimos, que financiou empresas como a fabricante de carros elétricos Tesla, ajudou a lançar os primeiros parques eólicos e solares do país como parte dos esforços do governo Obama para criar "empregos verdes", mas foi deixado de lado durante o governo Donald Trump.

Nos últimos anos, o Departamento de Energia disponibilizou US$ 12 bilhões em garantias para a estação de energia nuclear Vogtle no Estado da Georgia, mas apenas outros poucos empréstimos foram feitos durante o mandato do ex-presidente.

Granholm disse ainda que as concessionárias de eletricidade podem alcançar a meta do presidente Joe Biden de 100% de eletricidade limpa até 2035. Para a secretária, é "factível" pensar em 80% a 90% de energia limpa.



Estadão Conteúdo



Leia também: