Europa começa o ano com celebração das capitais culturais

Publicação: 2019-01-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Na Europa, o ano começa com a celebração das Capitais Europeias da Cultura. Em 2019, a honra cabe a Plovdiv, na Bulgária, e Matera, na Itália. Ainda em janeiro, as duas cidades comemoram o título e abrem a programação cultural do calendário europeu. A nomeação anual de uma ou mais "Capitais Europeias da Cultura" é uma iniciativa da União Europeia para promover o desenvolvimento e o intercâmbio cultural entre os países do bloco.

Scottish Ballet completa 50 anos com estreia de 5 espetáculos
Scottish Ballet completa 50 anos com estreia de 5 espetáculos

Logo na sequência, para aquecer um pouco o inverno do hemisfério norte, tem Berlinale - o Festival Internacional de Cinema de Berlim. E este ano vem em tom de despedida: Dieter Kosslick lidera o evento pela última vez. Por 18 anos ele  esteve à frente da programação que é referência mundial pelo toque politizado e o engajamento social.

O ano de 2019 comemora também alguns aniversários marcantes. Tem, por exemplo, os 50 do Scottish Ballet, o Ballet Escocês, um dos principais do Reino Unido. Para marcar a data, a companhia lançou o projeto Five in Five - cinco em cinco - que pretende montar cinco novos espetáculos nos próximos 5 anos  - um para cada década. Tem o centenário da famosa escola Bauhaus de arte, arquitetura e design, na Alemanha. As cidades Weimar e Dessau ganharão novos museus em 2019.

Na capital espanhola, o Museu do Prado completa 200 anos de um acervo que abriga, por exemplo, o famoso quadro Las Meninas, de Diego Velazquez. Ao longo de todo o ano, os visitantes conferem uma programação repleta de atividades em Madri.

Já a Itália homenageia o seu filho mais célebre: 2019 marca os 500 anos de morte de Leonardo da Vinci. Ele, que deixou um legado de inventos e ícones do cânone ocidental, será celebrado em grande estilo Europa afora.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários