Ex-jogador francês, Michel Platini é preso por suspeita de irregularidades na Copa de 2022

Publicação: 2019-06-18 08:40:00 | Comentários: 0
A+ A-
O ex-jogador francês e ex-presidente da Uefa, Michel Platini foi preso em Paris na manhã desta terça-feira (horário europeu) por suspeitas de corrupção na Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar. A investigação apura possíveis irregularidades de Platini na escolha do país como sede do torneio.

Platini disse que arranjos são comuns e Blatter concordou
Ex-jogador francês Michel Platini foi preso nesta terça-feira por suspeita de irregularidades na Copa do Catar

As investigações iniciaram em 2016 pela Promotoria Financeira da França (PNF), e em 2017, Michel Platini foi ouvido e admitiu ter votado no Catar ainda em 2010, quando o país do Oriente Médio foi apontado como possível sede em edições futuras.

Ele teria se reunido, em 2010, com representantes do país árabe, mais o então presidente da França na época, Nicolas Sarkozy, favorecendo a escolha do Catar anos depois.

O francês já estava suspenso pelo Comitê de Ética da Fifa por estar envolvido em casos de corrupção no ano de 2015, após receber propina do ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter. Devido ao escândalo, Michel Platini, que esteve na presidência da UEFA de 2007 a 2015, foi banido do esporte (futebol) por oito anos. A defesa do ex-jogador entrou com recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) e teve a punição reduzida duas vezes, até ficar estabelecida em quatro anos.

A pena, em tese, termina em outubro deste ano, quando o ex-atleta poderia participar novamente de atividades relacionadas ao futebol. Além dele, a ex-conselheira de Sarkozy, Sophie Dion também foi presa na manhã de hoje.

No início deste mês, Michel Platini concedeu uma entrevista coletiva em Paris projetando a volta para a política esportiva. Durante a fala, criticou com veemência o atual presidente da FIFA, Gianni Infantino, dizendo que o mandatário não tinha ''credibilidade''. Dias depois, Infantino foi reeleito e rebateu as críticas sem citar o nome do craque francês.

As informações foram divulgadas em primeira mão pelo site "MediaPart".













continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários