Ex-presidente usa o avião de Walfrido Mares Guia

Publicação: 2017-05-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Brasília (AE) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a Curitiba na manhã de ontem a bordo de um jatinho. A aeronave, um Cessna Aircraft prefixo PR BIR, é do ex-ministro Walfrido Mares Guia.

Ex-presidente Lula, ao chegar no aeroporto de Curitiba
Ex-presidente Lula, ao chegar no aeroporto de Curitiba

Ex-titular de Relações Institucionais e Turismo, entre 2003 e 2007, Mares Guia é empresário do setor de educação e de saúde. É dono da Kroton, uma das maiores empresas do País no setor educacional. Segundo o site da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave está em nome da Samos Participações, empresa que tem o ex-ministro como sócio.

Empresas que oferecem serviço de táxi aéreo em jatos no Aeroporto de Congonhas cobram entre R$ 15 mil e R$ 20 mil pelo trajeto de ida e volta até o Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, de acordo com levantamento feito pelo Estado.

Se tivessem viajado em um voo comercial, Lula e sua comitiva teriam pago, em média, R$ 1.100 por pessoa pelos trajetos de ida e volta, caso as passagens tenham sido compradas ao menos uma semana antes.

Não é a primeira vez que Mares Guia empresta uma aeronave ao ex-presidente. No ano passado, ao menos um deslocamento de Lula para Brasília foi feito em outro avião do empresário.

Mensalão mineiro
Em 2007, enquanto era ministro de Lula, Mares Guia foi acusado de participar do escândalo que ficou conhecido como mensalão mineiro, que envolvia a arrecadação irregular para a campanha ao governo de Minas do tucano Eduardo Azeredo.

A denúncia contra Mares Guia foi recebida, em 2009, pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Após o STF decidir que apenas réus com foro privilegiado responderiam às acusações na Corte, o caso foi encaminhado para a Justiça de Minas. Na capital mineira, a juíza Neide da Silva Martins, da 9.ª Vara Criminal de Belo Horizonte, entendeu que as acusações de peculato e formação de quadrilha prescreveram em 2012, quando Mares Guia completou 70 anos. O ex-ministro sempre negou envolvimento no caso.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários