Exército garante vistoria em veículos

Publicação: 2014-01-28 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Exército Brasileiro informou, nesta segunda-feira, 27, que por ocasião do credenciamento dos “pipeiros” para a Operação Pipa, realiza a vistoria dos carros-pipa.  Segundo a Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Nordeste, é nesse momento que as Organizações Militares Executoras do programa faz a verificação da pintura externa e interna do tanque de transporte de água, da existência de vazamentos e das condições gerais do caminhão-pipa.

Em nota, o Exército ressaltou que a apresentação do alvará da Vigilância Sanitária, que atesta a adequabilidade do tanque do veículo para o transporte de água potável, só passou a ser obrigatória a partir de dezembro do ano passado. O órgão não informou a situação dos veículos nesse momento. Atualmente, 489 pipeiros estão contratados para atuar em 113 municípios, atendendo a uma população aproximada de 260 mil habitantes. Cada “pipeiro” entrega um volume de 178.442,9 m³ de água por mês.

Na última terça-feira, a Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do Rio Grande do Norte (Suvisa/RN) emitiu nota técnica para orientar o funcionamento da Operação Pipa, executada pelo Exército Brasileiro e Governo do Estado. Além de emitir a nota técnica, a Suvisa/RN fez um alerta: os carros-pipa em atividade funcionam sem licença  ou autorização do órgão.

Na nota, o Exército informou ainda que “conforme prevê a Portaria Interministerial nº 1 (MI/MD), de 25 de julho de 2012 é atribuição da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) indicar o manancial que será utilizado pela Operação Pipa, bem como fornecer o laudo de potabilidade mensal da água existente no ponto de captação. Além disso, as Organizações Militares Executoras exigem que os pipeiros adicionem as pastilhas de cloro, a fim de complementar o tratamento da água distribuída” .

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários