Internacional
Explosão em fábrica de pólvora deixa ao menos 16 mortos na Rússia
Publicado: 11:08:00 - 22/10/2021 Atualizado: 11:08:07 - 22/10/2021
Uma explosão em uma fábrica de pólvora e produtos químicos nesta sexta-feira (22) deixou ao menos 16 mortos na província russa de Ryazan, a cerca de 270 quilômetros da capital Moscou. O acidente teria ocorrido por uma falha na observação de processos técnicos na instalação.

Ministério de Situações de Emergência da Rússia


Inicialmente, as autoridades informaram que sete pessoas haviam morrido e outras nove estavam desaparecidas, mas horas depois anunciaram que todos foram vítimas. Uma pessoa foi internada em estado crítico com sérias lesões, segundo os oficiais.

"No incêndio em uma fábrica na região de Ryazan morreram 16 pessoas. Psicólogos e equipes médicas estão trabalhando no local", disse o Ministério de Emergências da Rússia em nota. 170 bombeiros e socorristas em 50 veículos atuaram no controle do incêndio e nos resgates. Além disso, foram enviadas duas brigadas de aviação médica.

Segundo a agência TASS, o acidente foi causado por uma falha na observação do processo técnico adequado na instalação. Imagens compartilhadas pelas autoridades indicam que um prédio de tijolos foi parcialmente destruído com o incêndio. Um vídeo compartilhado nas redes sociais também mostra o momento da explosão.

"Empresa estratégica"

O incidente ocorreu no local da fábrica da Elastik, empresa especializada na fabricação de explosivos industriais para uso civil, segundo seu site, mas também com "capacidade de produção" de munições.

A companhia é considerada uma "empresa estratégica" pelo governo russo e, segundo o site da empresa, pertence ao conglomerado estatal Rostec, que reúne uma série de empresas que fornecem produtos industriais e de alta tecnologia para os setores civil e militar.

Uma explosão em meados do ano passado em um posto de combustíveis na cidade russa de Volgogrado, mais conhecida pelo antigo nome de Stalingrado, deixou mais de 10 feridos na ocasião. Também em 2020, onze pessoas morreram em um incêndio em uma casa de repouso na região dos Urais. Outras 15 foram vítimas de incêndios separados em Tomsk e Moscou em acomodações para imigrantes.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte