Economia
Expofruit movimentou cerca de R$ 60 milhões
Publicado: 00:00:00 - 28/11/2021 Atualizado: 10:52:31 - 27/11/2021
A Fruticultura Tropical Irrigada (Expofruit) voltou a acontecer neste ano após suspensão das atividades em 2020 por causa da pandemia de covid-19. Com uma programação diversificada, o evento incluiu palestras, debates, painéis, cursos, oficinas, fóruns e discussões científicas. O maior evento de fruticultura do País reuniu cerca de 15 mil pessoas na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, durante os três dias de evento, de quarta (24) a sexta (26). Os organizadores estimam que R$ 60 milhões em negócios foram movimentados na feira.
fábio paiva
Exposição de produtos e serviços ligados à fruticultura teve a participação de 15 mil visitantes

Exposição de produtos e serviços ligados à fruticultura teve a participação de 15 mil visitantes

Leia Mais


“A feira cresceu 30% em relação à última edição em 2018. Eu deixei de atender 12 empresas porque não tinha mais espaço. As empresas multinacionais estão chegando aqui com novas tecnologias de segmentos de logística, fertilizantes, sementes, suplementos, maquinários, energia renovável, além da participação de entidades públicas como Sebrae, Fiern, Codern e portos. Outras empresas que compõe toda a cadeia produtiva estiveram presentes e isso fortalece muito esse ambiente de integração entre clientes e investidores”, destacou João Manoel, diretor comercial da Expofruit.

A abertura do evento teve apresentação da banda de choro da Universidade Federal Rural do Seminário (Ufersa) e contou com a presença da governadora Fátima Bezerra; do vice-governador Antenor Roberto; do prefeito de Mossoró Allyson Bezerra; do superintendente do Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Roberto Papa; secretários de Estado; dos deputados estaduais Isolda Dantas e Hermano Morais; de prefeitos da região Oeste; e de outras autoridades ligadas aos setores de pecuária, agricultura e comércio.

“É com muita satisfação que estamos retornando de forma presencial a esse evento que não é um evento qualquer. É a maior feira de fruticultura do país. Aqui no semiárido estão sendo gerados cerca de 20 mil empregos diretos na fase do cultivo e da colheita. É daqui que sai a proeza e a ousadia de tornar o Rio Grande do Norte o maior exportador de frutas do país”, afirmou a chefe do Executivo potiguar.

Fátima também aproveitou a feira para sancionar o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado (Idiarn). O projeto, que virou lei havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa do RN, prevê a regulamentação de uma progressão profissional e salarial no âmbito do órgão. O plano era um pleito da categoria desde 2012. “Era um pleito justo dos servidores que vai trazer valorização do ponto de vista salarial e profissional”, acrescentou a governadora.

Ao todo, a exposição de produtos e serviços ligados à fruticultura contou com 360 estandes abertos ao público em geral. Um dos expositores dessa edição, Leonardo Freitas, sócio da Agro Soluções Sustentáveis, comemorou a volta presencial do evento. “É uma oportunidade muito boa que temos aqui para ter essa integração com investidores e clientes. A gente tava precisando disso e é necessário que se haja mais incentivo para essa área que movimenta a economia do estado. Agora nessa retomada, a gente quer que esses eventos aconteçam com cada vez mais frequência”, pontua.

O tema escolhido para este ano foi “Valorizando as Oportunidades da Fruticultura”. A ideia é promover troca de conhecimentos dentro da temática para consolidar o produto potiguar em todo País e no mundo.

Sobre a Expofruit

Considerada o evento de fruticultura tropical irrigada mais importante do Brasil, a Expofruit conquistou a atenção de grandes investidores. A feira tem como objetivo o apoio ao setor frutícola potiguar, garantindo a participação de produtores de todo o estado em um evento que viabiliza a comercialização da produção e promove novos negócios, inclusive exportações. A Expofruit 2021 foi promovida por Promoexpo e é realizada por meio de uma parceria entre o Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (Coex), Sebrae/RN e Ufersa.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte