Grupo Pão de Açúcar competirá com lojas regionais

Publicação: 2018-06-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Grupo Pão de Açúcar (GPA) vai reposicionar uma parte de sua rede de supermercados com o objetivo de atacar o crescimento de redes regionais. Em coletiva de imprensa, o presidente da companhia, Peter Estermann considerou que redes regionais apresentaram um importante crescimento, em especial nos anos de crise econômica no Brasil.

Grupo Pão de Açúcar anunciou criação de nova bandeira de lojas com perfil regionalizado de vendas
Grupo Pão de Açúcar anunciou criação de nova bandeira de lojas com perfil regionalizado de vendas

“Vamos copiar o que eles (regionais) fazem bem e vamos fazer um pouquinho melhor", disse Estermann.

O projeto piloto prevê a conversão de 20 lojas do Extra Supermercados na bandeira Compre Bem, que existiu no passado mas será reposicionada. Essas 20 conversões devem ser feitas este ano. Pela frente, a companhia enxerga potencial para que pelo menos metade das 187 lojas do Extra Supermercado sejam convertidas.

O novo Compre Bem Supermercados terá uma estrutura independente dentro do GPA, com um CNPJ separado. Com isso, o GPA passa a ter três unidades de negócios: o Multivarejo, com as marcas Extra e Pão de Açúcar, o Assaí, de “atacarejo", e o Compre Bem.

O atual presidente do Assaí, Belmiro Gomes, ficará a frente do Compre Bem. Ele destacou o aumento da penetração do formato de supermercados regionais nas compras dos consumidores. Segundo dados da Nielsen citados pela companhia, a penetração dos supermercados na compra das famílias saiu de 48% em 2016 para 52% em 2017. Já os “atacarejos" ficaram praticamente estáveis, saindo de 51% para 52%.

O objetivo do GPA ao tornar o Compre Bem uma estrutura independente é que o relacionamento com fornecedores seja específico para esse negócio. A companhia quer posicionar o novo Compre Bem no mesmo patamar de redes regionais como Lopes, Savegnago e Nagumo. Ainda assim, segundo Estermann, o Compre Bem buscará ter indicadores de faturamento por metro quadrado superiores à média desses concorrentes.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários