Favorito, Flamengo estreia em casa

Publicação: 2020-08-09 00:00:00
O ditado popular costuma dizer que em time que se ganha, não se mexe. Campeão brasileiro e da Libertadores da América no ano passado, o Flamengo seguiu esse pensamento praticamente à risca. Em busca de mais uma conquista, o Rubro-negro manteve os principais jogadores do elenco multicampeão e larga como um dos favoritos à disputa do Brasileirão Assaí 2020. Hoje, às 16h o time, agora comandado por  Domènec Torrent recebe, no Maracanã, o Atlético/MG.

Créditos: Alexandre VidalTreinador Domènec Torrent teve pouco tempo para treinar o Flamengo e já faz seu primeiro jogo hoje, justo no MaracanãTreinador Domènec Torrent teve pouco tempo para treinar o Flamengo e já faz seu primeiro jogo hoje, justo no Maracanã

Aliás, a grande mudança do Rubro-Negro ficou por conta da saída do técnico Jorge Jesus, que deixou o Flamengo no início de julho. O português foi substituído pelo espanhol. Do time-base que venceu o campeonato com folgas em 2019, apenas o zagueiro espanhol Pablo Marí se transferiu. O defensor foi comprado pelo Arsenal, da Inglaterra. Para sua posição, chegaram Léo Pereira e Gustavo Henrique. Todos os outros dez titulares da campanha do ano passado se mantiveram no clube, que já levantou quatro taças no início de 2020. 

E como se não bastasse a manutenção do time, o Flamengo ainda contou com a chegada de reforços de peso. O artilheiro, Gabriel Barbosa, e o craque do último Brasileirão, Bruno Henrique, ganharam a companhia de jogadores com passagem pela Seleção Brasileira, como o meia Thiago Maia e o atacante Pedro. No ataque, chegaram Pedro Rocha e Michael, revelação do Brasileirão 2019.

Torrent teve pouco tempo para trabalhar. O espanhol foi contratado há pouco mais de duas semanas e ainda não está completamente adaptado à sua nova casa.

Atlético/MG
O rival de hoje também está investindo alto e sonha com o título nacional. A torcida do Atlético Mineiro traz expectativas altas para o início do Brasileirão Assaí 2020. Com sete reforços e o técnico Jorge Sampaoli, que foi anunciado pouco antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus, o Galo reformulou seu plantel. Após a campanha ruim no ano passado, quando terminou em 13º na tabela, o Alvinegro quer dar início a uma nova era em sua história. 

Créditos: Atlético/MGO argentino Jorge Sampaoli está montando uma equipe forte no Atlético/MG e o jogo será duroO argentino Jorge Sampaoli está montando uma equipe forte no Atlético/MG e o jogo será duro

O argentino Sampaoli foi anunciado ainda em março e iniciou um processo de reorganização do elenco. Foram dispensados o lateral-esquerdo Lucas Hernández, os volantes Zé Welison e Ramón Martínez e os atacantes Edinho, Clayton, Ricardo Oliveira e Franco Di Santo. Depois das dispensas, o Galo foi ao mercado. Adicionou dois nomes para a zaga, com Júnior Alonso e Bueno, o lateral Mariano, dois meio-campistas, Léo Sena e Alan Franco, e dois atacantes, Marrony e Keno. Além deles, o meia Nathan foi contratado em definitivo.

A única baixa não planejada foi de Diego Tardelli, que se lesionou em um jogo-treino contra o América-MG e voltará apenas em 2021. O Atlético, entretanto, tem expectativas grandes por conta da campanha de Sampaoli com o Santos no ano passado, clube que treinou até dezembro de 2019. 

Com vários recordes quebrados, o Peixe terminou a edição em segundo lugar, apenas atrás do histórico Flamengo de Jorge Jesus.

Bate-papo: Arrascaeta / Flamengo
Créditos: Alexandre VidalArrascaeta, meia do FlamengoArrascaeta, meia do Flamengo
O que podemos esperar do Flamengo no Brasileirão 2020?
Vai ser um time que vai tentar ter as mesmas características, que tenta pressionar, ficar com a bola, de ter muitas opções para chegar ao gol e um time que seja muito criativo.

Qual deve ser o maior desafio para o clube neste campeonato?
Nosso maior desafio é tentar ser campeão de novo. A gente sabe que vai ser muito difícil, muitos times vão brigar conosco. Temos que estar muito fortes e muito preparados para fazer um grande ano novamente.

Ano passado, o Flamengo quebrou muitos recordes e conquistou o título. Isso põe mais pressão sobre o time?
Nosso grupo tem que levar isso como uma motivação e não como uma pressão. Saber que já tivemos a capacidade para conquistar tudo isso e bater todos esses recordes, quer dizer que nosso grupo está capacitado para fazer isso novamente. A motivação esse ano é muito grande.

Bate-papo: Keno / Atlético/MG
Créditos: Atlético/MGKeno chegou recentemente ao Atlético/MGKeno chegou recentemente ao Atlético/MG
O que podemos esperar do Atlético no Brasileirão 2020?
O Atlético é um dos principais clubes do Brasil e em toda competição, sempre entra para brigar pelo título. E é isso o que iremos buscar no Brasileiro.

Qual deve ser o maior desafio para o clube neste campeonato?
Este ano será uma temporada diferente por causa de tudo o que está acontecendo no mundo. Todos os clubes terão que superar essas dificuldades e com a gente não será diferente. Por isso, precisamos nos preparar muito bem porque a maratona de jogos será bem desgastante.

O Atlético trouxe diversos reforços, incluindo o técnico Jorge Sampaoli. Você acredita que esse time, com todo investimento que teve, tem o que é preciso para vencer o Brasileiro?
O Atlético é gigante e precisa sempre pensar em títulos. E é isso o que a diretoria está fazendo. O clube está montando um elenco muito qualificado porque sabe que a dificuldade do Brasileiro é enorme. Pra vencer um campeonato como o Brasileirão é preciso ter um elenco grande, com qualidade e o time deve manter uma regularidade.


Outros jogos
V. Belmiro – 16h – Santos x Bragantino
Serrinha – 16h – Goiás x São Paulo


Leia também: