Feira valoriza artesanato e cultura popular

Publicação: 2020-01-24 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Diversidade é uma palavra valorizada neste começo de século, e que sempre fez parte da Feira Internacional de Artesanato (Fiart), que chega aos 25 anos de estrada com nova edição a partir desta sexta, no Centro de Convenções, Via Costeira. De 24 de janeiro a 02 de fevereiro o evento oferecerá sua variedade de produtos,  programação cultural e  gastronomia, das 16 às 22h. A programação deste ano, além dos cortejos, oficinas e shows, também vai evidenciar o folclore potiguar  com um seminário e uma mostra especiais, na forma do Festival Fiart Cultural. O tema deste ano é “Inspiração e Arte, Negócios e Tradição”.

Créditos: Canindé SoaresBrincantes tradicionais do boi e grupos parafoclóricos se apresentam em festivalBrincantes tradicionais do boi e grupos parafoclóricos se apresentam em festival
Brincantes tradicionais do boi e grupos parafoclóricos se apresentam em festival

A Fiart de 2020 conta com 380 estandes divididos em uma área de mais de 10 mil m2 do pavilhão Nísia Floresta. O espaço amplo, moderno e climatizado do novo pavilhão tem capacidade para receber mais de oito mil pessoas. A gastronomia também terá um espaço diferenciado, com muitas degustações e cervejaria artesanal. Destaque para os queijos produzidos artesanalmente, vindos do Seridó potiguar, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

O artesanato potiguar será representado por participantes de  Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Macau, Guamaré, Goianinha e Caicó, apresentando tradição e beleza. Entre os representantes internacionais estão comerciantes e artesãos de Dubai, Paquistão, Quênia, Senegal, Egito, Coréia, Indonésia, Japão, Tailândia, Colômbia, e Peru. 

Novidade do ano, a Mostra Competitiva Parafolclore terá R$6 mil em premiações e faz parte do Festival, assim como o Seminário de Folclore, nos dias 26 e 27 de janeiro às 16h, com Mestres, gestores e pesquisadores. O Festival abriga a Mostra de Folclore com apresentações, todos os dias, dos mais diversos grupos folclóricos de todo RN, entre Boi de Reis, Zambê, Coco de Roda, Congos, Pastoril, e Fandango.

A programação do Seminário de Folclore terá início no domingo (26), a partir das 16h, com a apresentação do painel “Raízes e Contemporaneidade”, trazendo Mestre Gláucio Teixeira, Mestre Pedro Correia e Lilian Carvalho, representando Mestre Severino. Mediação de Tiquinha Rodrigues. Já na segunda-feira (27), também às 16h, terá o painel “Grupos Folclóricos: Manifestação da Identidade Popular”, com Crispiniano Neto, Gutenberg Costa e Luiz Assunção, sob mediação de Gláucio Teixeira.

Créditos: Canindé SoaresO artesanato potiguar será representado por participantes de  Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Macau, Guamaré, Goianinha e CaicóO artesanato potiguar será representado por participantes de Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Macau, Guamaré, Goianinha e Caicó
O artesanato potiguar será representado por participantes de Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Macau, Guamaré, Goianinha e Caicó

O encerramento do seminário será às 18h30 da segunda, com a realização do Encontro de Mestres e a entrega da comenda de 'Reconhecimento de Patrimônio da Cultura Potiguar' aos mestres de folclore, entregue pelo escritor Diógenes da Cunha Lima.

A programação cultural abre sexta, às 17h, com recepção e cortejo do Forró Santa Maria; às 20h, show com o cantor Sueldo Soaress e seu balanço de MPB dançante. No sábado, o destaque será o show da Deusa do Forró; e no domingo, São Gonçalo do Amarante comparece com boi, bambelô e congos, e mais o show de Lene Macedo, encerrando a noite. De segunda em diante virão ainda shows de Isaque Galvão, Ribeira Boêmia, Orquestra Greiosa, Forró Meirão, Marcos Souto, Stone Glass, e Banda Anos 50.

“A 25ª Fiart comprova a consolidação do evento no calendário turístico da cidade na alta estação. A feira movimenta a economia local e promove o trabalho dos artesãos, especialmente do potiguar”, disse o idealizador e organizador da Fiart, Neiwaldo Guedes.

Serviço:
25ª Feira Internacional de Artesanato – Fiart. De 24/01 a 02/02, no Centro de Convenções, Via Costeira. Aberto das 16 às 22h. Entrada: R$16.






Deixe seu comentário!

Comentários