Festa do Boi deve gerar R$ 50 milhões

Publicação: 2017-10-10 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Até o próximo sábado, dia 14 de outubro, pelo menos 500 mil pessoas deverão passar pelo Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, durante a 55ª edição da Festa do Boi. Entre programação social e agenda voltada aos negócios, a organização do evento prevê movimentação milionária de recursos, principalmente nos leilões de ovinos, caprinos e gado leiteiro, além da comercialização de máquinas e insumos agrícolas com condições especiais para o produtor rural. A expectativa é que os negócios fechados girem em torno dos R$ 50 milhões.

Abertura da Festa do Boi ocorreu com representantes de diversos setores; José Vieira, do Sebrae, destacou importância do evento
Abertura da Festa do Boi ocorreu com representantes de diversos setores; José Vieira, do Sebrae, destacou importância do evento

O presidente da Associação Norte-Riograndense de Criadores (Anorc), Marcelo Passos,  informou que ainda é cedo para fazer uma estimativa mais fechada de quanto o evento deve movimentar em termos econômicos. Ele acredita que, na medida que os leilões forem acontecendo, será possível ter uma dimensão mais “calibrada" do volume de negócios. Os leilões seguem até a próxima sexta-feira, 13, com as 'Pérolas do Nordeste', o ponto alto do certame.

Além da comercialização de animais, Marcelo Passos apontou como fator positivo para a edição deste ano da festa, a aprovação da lei do queijo, que regulamentou a produção artesanal do queijo de manteiga; a adoção de novos critérios para o licenciamento ambiental de atividades vinculadas à agropecuária; e a oferta de crédito no mercado, o que deve impulsionar o fechamento de contratos até o próximo sábado, 14.

“A Festa do Boi equaciona a atuação de instituições e agentes de fomento, e parceiros, e o balanço agropecuário apresentado pelo Governo do Estado vai ao encontro dos anseios dos criadores, produtores e demais setores da agropecuária. O momento é para exaltar essas conquistas”, afirmou Passos. O Banco do Nordeste, principal agente financiador da produção rural no estado, montou estande com equipe completa para negociação de dívidas rurais e tomadas de novos empréstimos, por exemplo.

O Sebrae, que atua na oferta de consultoria para montagem e reconfiguração de negócios, montou uma estrutura completa na área do Parque Aristófanes Fernandes para receber pequenos, médios e grandes empresários. Há, ainda, uma programação voltada para o público em geral, com degustação de alimentos e bebidas, por exemplo, e cursos de culinária. O mais esperado é com o renomado chef de cozinha, Alex Atala, programado para a próxima quinta-feira, 12.
   
Espaço Terroir
O Espaço Terroir terá exposição, degustação e harmonização de produtos, além de mais de 50 tipos de capacitações diferentes, entre palestras, oficinas e seminários, tratando dos sabores de cada canto do Brasil. Em uma área de quase 3 mil metros quadrados, o Espaço Terroir pretende reunir produtores de diversas regiões com exposição, degustação e venda de produtos terroir – aqueles oriundos de uma determinada região com influência de clima, terra, relevo e águas que os tornam específicos, como é o caso dos queijos da região do Seridó.

Números
55ª
edição da Festa do Boi, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.
R$50
milhões em negócios é a expectativa de movimentação financeira.
500 MIL visitantes é o público estimado pela Anorc durante os dias da festa.
6 MIL rezes de várias espécies em leilões, concursos e exposição; A Festa do Boi vai até o próximo sábado, dia 14.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários