Festa do Boi: Queijos artesanais e mel de abelha são destaques no Espaço Terroir

Publicação: 2019-10-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Espaço Sebrae Terroir reúne na 57ª edição da Festa do Boi exposições, seminários, oficinas e palestras para incentivar a sustentabilidade e valorização local gastronômico. Os produtos terroir – cuja origem é ligada à cultura local – são um dos destaques da programação, além da exposição de mel de abelha e queijos de todo País. A Festa do Boi acontece até o dia 19 deste mês no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

No Espaço Terroir, visitantes podem conhecer os queijos artesanais
No Espaço Terroir, visitantes podem conhecer os queijos artesanais

Terroir é uma palavra francesa sem tradução, mas indica produtos com uma característica regional. “São produtos de uma região delimitada, que graças a influência de clima, terra, relevo e águas caracteriza um produto que só existe naquele lugar”, afirma a chef Adriana Lucena, uma das responsáveis pelo espaço.

A valorização destes produtos está intimamente ligada à economia: primeiro, por incentivar a cadeira produtiva de produtos que podem ser extintos caso não sejam valorizados; segundo, por ser um diferencial em relação a outros locais, o que dá um potencial turístico tanto na presença em restaurantes quanto no turismo de experiência, que leva o estrangeiro a conhecer a cadeia produtiva.

No Espaço Terroir deste ano, o Sebrae convidou o pesquisador e consultor gastronômico Nuno Nobre. Nuno é português e tem experiência com o movimento de valorização da gastronomia local em Portugal, onde resgatou as algas e os ouriços do mar. Os lusitanos passaram a inserir esses dois alimentos em restaurantes, na cozinha cotidiana, fortalecendo uma cadeia produtiva que une pescadores, catadores de algas, restaurantes, comércio, indústria e universidade.

“Cerca de 30% dos turistas decidem por um determinado destino devido à gastronomia local, que reflete a identidade do lugar e gera autoestima para a população local. Temos uma demanda grande de ensinar as pessoas comerem”, afirmou Nuno.

Relacionado ao Rio Grande do Norte, ele percebe que há um vazio muito grande no turismo de experiência. “Conversando com os produtores, eu observei que falta levar os turistas a esses locais, criar um circuito turístico para que as pessoas conheçam muito além do prato”, acrescentou.

Incentivar isso, segundo Nuno, é resgatar a identidade do povo e evitar que a gastronomia local seja extinta. A chef Adriana Lucena concorda com o português e avalia que o estado potiguar ainda desconhece as suas especificidades gastronômicas. “O Rio Grande do Norte infelizmente é um estado que fala da sua tradição gastronômica, mas não preserva a sua tradição gastronômica e muito menos busca saber a sua raiz, a história e a formação da comedoria potiguar”, diz.

Na Festa do Boi, diversos produtores locais expõem no Espaço Terroir do Sebrae, mas duas exposições estão sendo feitas com produtores de todo Brasil: os queijos artesanais e o mel de abelha, primeira vez exposto no Espaço. “Esse ano a gente decidiu mostrar a diversidade dos meles de abelhas nativas brasileiras, que são diferentes em todas as regiões. Também é para fortalecer todo projeto da cadeira produtiva da cadeia de mel de abelha do Rio Grande do Norte”, concluiu Adriana Lucena.

A expectativa paraesta edição da Festa do Boi é atrair um público total de cerca de 350 mil pessoas ao Parque Aristófanes Fernandes durante os 8 dias de evento, gerando 4 mil empregos diretos e indiretos. Este ano, serão 400 expositores espalhados no local. De acordo com a Associação Norte-Rio Grandense de Criadores (Anorc), todo o espaço destinado à exposição de animais foi comercializado com antecedência e a expectativa é que R$ 60 milhões em negócios sejam movimentados durante o evento, que segue até dia 19.

Programação:

Terça-feira (15/10)
19h30 - Leilão de Cavalos ANQM

Programação de Pista (concursos de raças): Sindi e Gir

6H – Torneio Leiteiro

Quarta-feira (16/10)
19h30 - Leilão Nuleite

Programação de Pista (concursos de raças): Sindi e Gir

Quinta-feira (17/10)
19h30 - Leilão Sindi Estrelas

Programação de Pista (concursos de raças): Nelore, Guzerá Leiteiro e Girolando

Sexta-feira (18/10)
19h30 - Leilão Pérolas do Nordeste

Programação de Pista (concursos de raças): Nelore, Guzerá e Girolando

Sábado (19/10)
22h - Shows

Mastruz com Leite; Cavalo de Pau; Magníficos e Limão com Mel

Local: Parque Aristófanes Fernandes (Parnamirim)






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários