Cookie Consent
Natal
Festas e eventos de Carnaval devem ser cancelados no Nordeste
Publicado: 00:00:00 - 04/02/2022 Atualizado: 23:54:12 - 04/02/2022
O Comitê Científico do Consórcio Nordeste publicou boletim nesta quarta-feira (2) recomendando o cancelamento de festas particulares, shows de qualquer natureza e do carnaval. O intuito é impedir a continuidade da atual disseminação do coronavírus nos nove estados do Nordeste que participam da entidade, criada em 2019.

Adriano Abreu
Recomendação foi aprovada pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste na última quarta

Recomendação foi aprovada pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste na última quarta


De acordo com o documento, a manutenção dos feriados de carnaval e seus festejos pode estimular que as pessoas saiam de casa, promovendo aglomerações. No entanto, a entidade reconhece que a decisão terá prejuízos econômicos, o que torna a sua implementação mais dificultosa. 

"O Comitê Científico tem clareza sobre as dificuldades políticas e os prejuízos econômicos decorrentes desta medida. Porém, o mais importante no momento é salvar vidas. E vidas não têm preço! Naturalmente, após o término da pandemia, novos feriados extraordinários poderiam ser criados pelos governos", afirmou a entidade.

O órgão afirma que o atual percentual de 70% da população brasileira que tem ciclo vacinal completo "não é suficiente" para assegurar estabilidade nos casos e pediu que os governos devem intensificar campanhas para incentivar a vacinação e desmentir "fake news".

Neste começo de 2022, pelo menos 14 cidades do RN já decidiram cancelar a programação oficial do carnaval de rua, entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março.  Além de não ocorrer em Natal, a folia não vai para as ruas em cidades potiguares com tradicionais festas carnavalescas, como Parnamirim (Pirangi), Macau e Areia Branca. Além dessas, Apodi, Tibau, Tibau do Sul, Assu, Pendências, Grossos, Dix-sept Rosado, Alexandria, Upanema e Almino Alfonso suspenderam o carnaval de rua. No Brasil, 19 das 27 capitais, incluindo Natal, não vão realizar o carnaval de rua em 2022. 

Em virtude dos índices crescentes dos atuais quadros virais relacionados à Covid-19 e à gripe Influeza, a Prefeitura Municipal do Natal decidiu cancelar a programação oficial do próximo Carnaval, que seria realizado entre o fim de fevereiro e começo de março na cidade.
 
A decisão do Executivo atende a recomendações do Comitê Científico do Município e de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com base nos índices de 600 atendimentos por dia nos dois Centros de Enfrentamento criados pela gestão para conter casos da Síndrome Viral e do coronavírus com a variante Ômicron.

O prefeito Álvaro Dias explicou que “tendo em vista os índices de que pessoas acometidas pelo coronavírus e essa nova variante Ômicron e também as síndromes virais têm aumentando constantemente, o Comitê Científico voltou a se reunir, deliberou e decidiu cancelar o nosso Carnaval”.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte