Viver
Festival de cinema é aberto oficialmente em Gostoso, centenas de pessoas prestigiaram o 1º dia
Publicado: 14:08:00 - 27/11/2021 Atualizado: 18:45:10 - 27/11/2021
As areias da praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso, mais uma vez compõem o cenário da Mostra de Cinema de Gostoso, que volta a ser realizada em formato presencial em 2021, seguindo os protocolos de biossegurança. Na noite desta sexta-feira (25), o vice-governador Antenor Roberto participou da sessão especial de abertura do festival, em que foram exibidos o curta Papa-jerimum, produzido por Clara Campos e Harcan Costa, do Coletivo Nós do Audiovisual, e o esperado longa-metragem Marighela, dirigido por Wagner Moura.

Cedida


Realizado pela Heco Produções e CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania, com direção geral e curadoria de Eugênio Puppo e Matheus Sundfeld, o evento tem patrocínio do Programa Estadual de Incentivo à Cultura, viabilizado por meio da Lei Estadual Câmara Cascudo, e também conta com apoio da Empresa de Promoção Turística (Emprotur). "Nós chegamos aqui enquanto Governo porque temos no Rio Grande do Norte a liderança da governadora, professora Fátima Bezerra, que sempre foi sensível à educação e à cultura. É dela, inclusive, como deputada estadual, a autoria da lei de incentivo à cultura, que cada vez mais viabiliza projetos culturais de grande importância como este", afirmou Antenor Roberto.

Ele destacou a atuação do CDHEC, coletivo que trabalha as  temáticas de ecologia, direitos humanos, cultura e cidadania junto à comunidade, durante todo o ano, e incentiva a participação de crianças, jovens e adultos da comunidade na construção e na realização da Mostra de Cinema de Gostoso, que se caracteriza pelo seu viés de sustentabilidade.  "Aproveitem esses temas que são caros, pois dizem respeito e ajudam a melhorar as relações que a gente tem em nossa casa, na escola e no trabalho. Hoje o que temos aqui é o resultado de um Governo sensível, de uma prefeitura que apoia, da iniciativa privada que aposta no projeto e da competência de uma equipe dedicada, que trabalha o ano todo para em cinco dias nos presentear com uma rica mostra de cinema e amplia o debate para este tão importante setor que é o audiovisual", destacou o gestor. 

Ao conduzir a solenidade e apresentar parceiros e realizadores, o idealizador do projeto e cineasta Eugênio Puppo destacou a importância da população de Gostoso para a realização do evento. Ele também agradeceu o apoio "considerável" do governo, como fez questão de frisar. "A mostra é de Gostoso e não em Gostoso. A nossa relação com a comunidade é o que nos move. Muito obrigado a todos vocês presentes", pontuou. O representante do CDHEC, Ricardo André, também agradeceu o empenho da comunidade para construir um evento sustentável. "Só tenho a agradecer. Resistimos a quase dois anos de pandemia e ainda produzimos  filhos", afirmou, referindo aos dois curtas realizados pelos adolescentes do coletivo Nós do Audiovisual, mobilizado pela entidade.

Acompanhado da secretária de Turismo e Comunicação, Janielle Linhares, o prefeito Renato de Doquinha se comprometeu a continuar apoiando o evento, na condição de prefeito, e agradeceu  a emenda parlamentar destinada pelo mandato do deputado estadual Francisco do PT.  "A mostra de cinema é um marco na história de Gostoso", reforçou. 

Antes da exibição do longa que abriu o Festival, o ator Jorge Paz falou em nome do elenco e do diretor Wagner Moura e elogiou bastante a iniciativa. "Quero parabenizar por toda estrutura. É um prazer estar aqui representando Marighela, um filme que começou a nascer em 2013 e, após ter enfrentado tantos problemas para ser lançado e para ser exibido, está sendo um sucesso de bilheteria. Eu vim de periferia e só estou aqui por conta de projetos como esse. Viva Marighela, viva Marielle, viva o povo brasileiro!", declarou.

Até o dia 30 de novembro, as atividades começam ainda durante o dia, encerram a noite e dividem-se em: Mostra Coletivo Nós do Audiovisual, Sessão Especial, Mostra Competitiva, Debates e Seminários. Confira a programação completa aqui https://www.mostradecinemadegostoso.com.br/.

Estavam presentes à sessão especial a senadora Zenaide Maia e o senador Jean Paul, o deputado estadual Hermano Morais, a secretária Júlia Arruda (Semjidh), o secretário Jaime Calado (Sedec), a subsecretária Solange Portela (Setur), o presidente da Emprotur, Bruno Reis, o consultor técnico do Sebrae-RN, João Hélio, e o jornalista, empresário e empreendedor cultural, Emanuel Néri. Ele é responsável pela galeria de artes Sol da Meia Noite, que abriu as portas nessa mesma noite, iniciando uma nova era cultural em São Miguel do Gostoso.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte