Fiscais federais agropecuários discutem Plano Nacional de Sanidade Vegetal em Natal

Publicação: 2009-10-19 15:14:00
O diretor do Departamento de Sanidade Vegetal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Odilson Luiz Ribeiro e Silva, preside nesta segunda-feira (19), às 20 horas, no Serhs Natal Grand Hotel, a abertura do XIII Encontro Nacional de Fitossanitaristas do Mapa – ENFIT que prossegue até a próxima sexta-feira (23), reunindo fiscais federais agropecuários que atuam na sanidade vegetal em todo o país. 

A elaboração do Plano Nacional de Sanidade Vegetal de 2010 é o principal tema do encontro, promovido pelo Departamento de Sanidade Vegetal do Mapa. O evento foi precedido por reuniões estaduais e regionais, que contaram com a participação de profissionais da área, responsáveis pelo diagnóstico do quadro fitossanitário atual e futuro, entraves e demandas, usado como subsídio às pautas das reuniões regionais. O debate vai levantar os principais temas da sanidade vegetal de interesse das unidades da federação.  

Representantes das superintendências federais de Agricultura, do Vigiagro nas unidades da federação e do Órgão Estadual de Defesa Sanitária Vegetal (OEDSV) deverão sintetizar as sugestões para compor uma proposta única, que será consolidada no encontro nacional.

Os temas abordados nas reuniões, como vigilância, prevenção e controle de pragas, quarentena vegetal e análise de risco de pragas, certificação fitossanitária, controle de trânsito internacional e interestadual e ordenamento legal vigente no País, vão compor a base do Plano Nacional de Sanidade Vegetal de 2010. A publicação serve como guia de trabalho para os fiscais do serviço de sanidade agropecuária, órgãos de defesa agropecuária, serviços de vigilância agropecuária e fiscais do Departamento de Sanidade vegetal e do Vigiagro.

Quem é o fitossanitarista

Fitossanitarista é o engenheiro agrônomo que atua para garantir a sanidade vegetal, tanto de plantas nativas (da Floresta Amazônica, do Cerrado e suas espécies), quanto das cultivadas (hortaliças, grãos, flores e frutas). O trabalho desse profissional contribui para evitar o ingresso e a disseminação de pragas no País.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estima que, aproximadamente, dez mil fitossanitaristas desenvolvem atividades no país, incluindo fiscais do serviço público, pesquisadores de universidades e de empresas públicas, além de profissionais autônomos.

Esses agrônomos contribuem para manter livres, ou sob controle, desde pragas em grandes plantações até em pequenos cultivos. Sem o trabalho de prevenção do fitossanitarista, podem ocorrer danos ambientais, como a extinção de espécies ou variedades, uso inadequado de insumos e diminuição da qualidade dos produtos comercializados. “Diante da ameaça de uma nova praga, tornam-se necessárias medidas de controle e prevenção, daí a importância desse profissional, que está diretamente ligado ao processo fitossanitário e ao desenvolvimento econômico brasileiro”, destaca o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal do Mapa, Odilson Silva.

No âmbito público, os fitossanitaristas estão presentes nas unidades da federação por meio das Superintendências Federais de Agricultura (SFAs), da Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), das Agências Estaduais de Defesa Agropecuária e em propriedades rurais como responsáveis técnicos pela certificação fitossanitária de origem.

Pragas – Qualquer espécie, variedade ou biótipo de planta, animal ou agente patogênico que causa danos às plantas e seus produtos.

Serviço:
Assunto: XIII Encontro Nacional de Fitossanitaristas – ENFIT
Local: Serhs Natal Grand Hotel, Via Costeira, 6045m- Fone: (84) 4005.2000
Contato: Jornalista José Carlos Buhler – SDA/MAPA (jose.buhler@agricultura.gov.br)

Programa oficial do XIII ENFIT
XIII ENFIT
Encontro Nacional de Fitossanitaristas do MAPA
19 a 23 de outubro de 2009
Natal, Rio Grande do Norte

Programa
Segunda-feira
Tarde
Deslocamento dos Participantes
Credenciamento
19h30
Abertura solene do ENFIT
20h
Palestra do Diretor do DSV - Processo de elaboração de Normas Internacionais de Medidas Fitossanitárias (NIMF) e sua relação com o ordenamento legal vigente no Brasil.
Palestra da Gestão Estratégica do Mapa
20h30
Coquetel de abertura

Terça-feira e Quarta-feira
8h30
Início das atividades dos Grupos
10h30
Intervalo
10h45
Continuação dos trabalhos
12h30
Almoço
14h
Continuação dos trabalhos
16h15
Intervalo
16h40
Continuação dos trabalhos
18h
Término das atividades do dia

Quinta-feira
8h30
Apresentação das conclusões dos Grupos
10h30
Intervalo
10h45
Continuação dos trabalhos
12h30
Almoço
14h
Reunião plenária - Prévia do Plano Nacional de Sanidade Vegetal
16h15
Intervalo
16h40
Continuação dos trabalhos
18h
Término das atividades do dia

Sexta-feira
8h30
Consolidação do Plano Nacional de Sanidade Vegetal
Cronograma de trabalho
10h30
Intervalo
12h30
Encerramento do XIII ENFIT