Fla prega o respeito ao adversário

Publicação: 2020-07-05 00:00:00
A+ A-
O Flamengo enfrenta o Volta Redonda às 16h deste domingo, no Maracanã. O jogo é válido pela semifinal da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca). O rubro-negro é superior e tem a vantagem do empate, no entanto, a ordem é pregar o respeito ao adversário de hoje para evitar surpresas.

Créditos: Alexandre VidalO técnico Jorge Jesus trabalhou o elenco para evitar o clima de já ganhou diante do Volta Redonda pelas semifinais da Taça RioO técnico Jorge Jesus trabalhou o elenco para evitar o clima de já ganhou diante do Volta Redonda pelas semifinais da Taça Rio

“Acho que todos os times que chegaram na semifinal têm qualidades e estão lá merecidamente. Acompanhamos alguns jogos do Volta Redonda e sabemos que é uma equipe bastante perigosa, com jogadores experientes, que já passaram por grandes times. Com muito respeito, assim como temos com todas as equipes, nosso time está preparado para essa semifinal e vamos fazer nosso trabalho para não sermos surpreendidos”, comentou o experiente Rafinha.

O jogador voltou a lamentar ter que jogar distante dos torcedores, mas elogiou a iniciativa do clube de transmitir a partida através do canal do Youtube.

“A gente sempre se prepara da melhor forma para todos os jogos. Neste momento, sem a nossa torcida, é claro que ficamos felizes em saber que a torcida do Flamengo e o povo brasileiro que gosta de futebol tiveram a oportunidade de assistir à partida contra o Boavista. Muito legal essa iniciativa do Fla de transmitir o jogo para todos aqueles que estavam com saudade do futebol”, analisou.

Se a preocupação com Jorge Jesus é a médio prazo, a negociação com o lateral-direito Rafinha pode ser mais rápida. Com contrato até o ano que vem, o experiente jogador e o clube se movimentam para ampliar o período de sua permanência no Ninho do Urubu. Ele revelou que as conversas para renovação do seu contrato já foram iniciadas. Só que admitiu não se ver encerrando a carreira no clube.

"Tenho contrato até ano que vem. Meus representantes já têm entrado em contato, o Flamengo já procurou para essa conversa. Mas o momento é outro. Tem tempo ainda para a gente conversar sobre isso", disse, revelando, porém, o plano de se aposentar com a camisa do Coritiba, time pelo qual deu seus primeiros passos no futebol.

"Tenho carinho pelo Coritiba, foi o clube que me revelou. Sempre falei que tinha desejo de encerrar lá, e vou encerrar lá, se eles quiserem. Meu pensamento é de encerrar a carreira no Coritiba, uma forma de retribuir o que fizeram por mim", acrescentou. 

Voltaço
O Volta Redonda é o único clube pequeno do Rio de Janeiro classificado para as semifinais da Taça Rio. O Voltaço venceu o Resende na noite da última quinta (2) e se classificou para enfrentar o Flamengo.

A  diferença técnica e financeira é enorme. Um dos exemplos disso é que enquanto o Rubro-negro planejava patrocínios e outras coisas, no Voltaço o medo, durante a parada pela pandemia era a fome.

"Eu era a favor da volta. A gente recebe muito pouco, clube pequeno recebe pouco. Reduziu 50% com a paralisação. O dinheiro era pouco, temos conta, sustentamos família, crianças. (...) Eu estava preocupado com tudo isso que estava acontecendo, mas preocupado se eu iria ficar sem trabalhar. Fiquei três meses em casa com salário reduzido. Se eu falar o valor do salário que recebia, é muito complicado. A gente vê jogador de time grande falando que era contra (a volta), mas não tem comparação do jogador de alto nível com o do time pequeno", revelou o atacante Saulo Mineiro, em entrevista à Fox Sports.