Flamengo assume, mas o CT do clube pode ser interditado

Publicação: 2019-02-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Flamengo assumiu "todas as suas responsabilidades" diante da tragédia que resultou na morte de dez garotos no CT do clube e se comprometeu a indenizar "o mais rápido possível" os familiares das vítimas. O acordo será costurado junto à Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, o que não significa que dirigentes do clube não possam ser responsabilizados criminalmente pelo incêndio. Hoje o Ninho do Urubu passará por vistoria e poderá ser interditado.

Jogadores do Flamengo visitaram Cauan, um dos sobreviventes, que teve alta do hospital, ontem
Jogadores do Flamengo visitaram Cauan, um dos sobreviventes, que teve alta do hospital, ontem

A definição foi feita em reunião realizada ontem na sede do Ministério Público do Estado. "Falamos da nossa vontade de indenizar essas famílias o mais rápido possível", disse o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, em pronunciamento logo após a reunião. Mais uma vez, ele se negou a responder perguntas dos repórteres.

O defensor público Geral do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Pacheco, explicou que a indenização não será apenas financeira. "Haverá também acompanhamento psicológico, social e de saúde", explicou. "O Clube de Regatas do Flamengo se comprometeu a compor uma câmara de conciliação, junto com a Defensoria Pública o MPE-RJ e o do Trabalho a fim de que não só os atletas sobreviventes, mas os familiares principalmente tenham uma justa e rápida indenização."

No encontro, o Flamengo assumiu sua responsabilidade sobre o incêndio. A afirmação é de Eduardo Gussem, procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado: "A presidência do Flamengo assumiu todas as suas responsabilidades em relação ao evento (incêndio do CT), se comprometeu a dar todo tipo de acolhimento às famílias e entregou à Defensoria Pública a condução dessa negociação com as famílias para um reparo imediato".

Hoje, peritos do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Prefeitura do Rio, governo do Estado e dos Ministérios Públicos do Estado e do Trabalho visitarão o Ninho do Urubu. "Vamos realizar a partir de amanhã [terça] perícias amplas no Centro de Treinamento do Flamengo, com todas as estruturas governamentais, a fim de que possamos analisar em que condições se encontra o CT e se há necessidade de uma interrupção plena ou parcial das atividades", explicou Gussem.

Bangu
Mais um incêndio atingiu o futebol carioca, ontem. Após o treino da manhã, os jogadores do Bangu descansavam no alojamento do CDA (Comissão de Desportos da Aeronáutica), localizado em Campo dos Afonsos, na Zona Oeste, quando o quarto começou a pegar fogo. Dois atletas e um soldado da Aeronáutica foram encaminhados para o Hospital.

A identidade dos jogadores não foi divulgada. Segundo a assessoria de imprensa do Bangu, os casos não são graves e um deles deve ser liberados ainda nesta segunda, assim como o soldado. O outro jogador foi encaminhado para o CTI por precaução por ter inalado mais fumaça. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas pela Aeronáutica.







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários