Flamengo passa sufoco, mas derrota o Botafogo

Publicação: 2019-11-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Flamengo obteve uma de suas vitórias mais difíceis no Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira à noite, ao derrotar o Botafogo, por 1 a 0, no Engenhão, em duelo válido pela 31ª rodada. Com o resultado, o time rubro-negro, que atuou 40 minutos com um jogador a mais, alcançou os 74 pontos, manteve oito de vantagem para o Palmeiras e ainda jogou o rival carioca para a zona de rebaixamento, com apenas 33 pontos.

O Botafogo equilibrou o jogo em alguns momentos, mas o Fla conseguiu impor seu bom futebol
O Botafogo equilibrou o jogo em alguns momentos, mas o Fla conseguiu impor seu bom futebol

O 1º tempo foi um dos mais disputados da temporada. Com forte marcação, as equipes disputaram cada bola com grande intensidade, o que causou um alto número de faltas ríspidas, obrigando o árbitro Leandro Pedro Vuaden mostrar cinco amarelos.

Mais determinado, o Botafogo dominou boa parte dos primeiros 45 minutos e esteve prestes a abrir o placar em pelo menos três oportunidades. Aos dez minutos, Diego Alves impediu o gol de Igor Cássio. Léo Valência e Luiz Fernando também tiveram chance, mas falharam na finalização.

O Flamengo só foi equilibrar a disputa nos dez minutos finais, quando o Botafogo pareceu cansar um pouco na marcação.

No segundo tempo, o Flamengo voltou mais ligado. Aos nove minutos, Luiz Fernando agarrou Bruno Henrique, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O jogo, que já era nervoso, ficou ainda mais "pegado", pois os jogadores do Botafogo passaram a tentar irritar os jogadores do Flamengo, que "alugou" o meio-campo e passou a ter várias chances de gol. Pablo Marí, Gabriel e Vitinho perderam boas chances.

O clima, então, ficou ainda mais nervoso. Pablo Marí e o técnico Alberto Valentim chegaram a discutir à beira do gramado por causa da posse de bola e receberam o cartão amarelo. Os últimos quinze minutos foram marcados pelo desespero do Fla na busca de um gol, diante da catimba do Botafogo, feliz com o empate.

Mas, de tanto insistir, o Flamengo chegou ao gol aos 43 minutos. Everton Ribeiro escapou pela meia esquerda e lançou Bruno Henrique na ponta. O cruzamento saiu rápido e Lincoln apareceu como um raio para fazer o gol: 1 a 0. Os minutos finais foram marcados pela euforia dos cerca de três mil flamenguistas, que festejaram a 23ª vitória no Brasileiro e ainda zombaram dos rivais com os gritos de "segunda divisão".

Na saída de campo, Jorge Jesus, que levou o terceiro amarelo, foi tripudiar em cima de Joel Carli e o zagueiro argentino quase agrediu o treinador. O Flamengo quebrou um jejum de dez anos sem vitória sobre o Botafogo como visitante no Campeonato Brasileiro.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários