Cookie Consent
Esportes
Flamengo vence o Tolima e o Palmeiras avança rumo a vaga
Publicado: 00:01:00 - 30/06/2022 Atualizado: 00:20:41 - 30/06/2022
Em sua provável despedida do Flamengo, sobrou para Andreas Pereira a honra de fazer um golaço que garantiu a vitória do clube carioca sobre o Tolima,por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Colômbia. O volante acertou um lindo chute de fora da área e garantiu ao time a vantagem para o jogo da volta das oitavas da Libertadores, no Maracanã, na próxima quarta-feira, quando entrará em campo com a vantagem do empate. Um derrota por diferença idêntica, levará a decisão da vaga para os pênaltis.

O empréstimo do volante ao Flamengo termina nesta quinta-feira, e, ao que tudo indica, ele terá que voltar ao Manchester United, uma vez que a diretoria rubro-negra não deseja pagar a parcela de 10 milhões de euros para manter o jogador na Gávea.

Com muitas baixas por lesões, o Flamengo sentiu o reflexo dos desfalques.  A começar pela saída de bola lenta e falha, que em algumas vezes deixou os colombianos em condição de empate. Gabigol, muito isolado, acabou tendo uma participação mais uma vez com poucas possibilidades de finalização. Rodinei foi a melhor alternativa de ataque pela ponta direita.

Palmeiras
Embora ainda seja criticados por alguns, Rony melhora seus números e continua sendo um dos principais jogadores do Palmeiras. Com os dois gols que marcou na vitória sobre o Cerro Porteño, por 3 a 0,  nesta quarta-feira, o camisa 10 voltou a ser o artilheiro do clube na história da Libertadores. Com 16 gols, ele se igualou a duas lendas do futebol mundial: Pelé e Zico.

Rony fez o primeiro e segundo gols do Palmeiras no triunfo no Paraguai. Ao ir às redes duas vezes, ele soma, agora, 16 gols e retomou a artilharia histórica da equipe no torneio continental. Antes, estava empatado com Raphael Veiga. Pelé, pelo Santos, e Zico, pelo Flamengo, fizeram a mesma quantidade nos anos 60 e 80, respectivamente. "Rony superou números de Pelé e Zico porque é um trabalhador, de um grupo, uma equipe, que joga junto", afirmou Abel Ferreira.

O maior goleador brasileiro na Libertadores é Luizão, com 29 gols. Gabigol, com 26, e Fred e Palhinha, com 25, figuram no pódio. 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte