Flip 2018 terá programação do Sesc

Publicação: 2018-07-21 00:00:00
A+ A-
O público que for à Festa Literária Internacional de Paraty – Flip, que acontece de 26 a 29 deste mês poderá conferir mais de 50 atrações, entre debates literários, espetáculos de teatro e música, exposição de artes visuais e mostra de cinema. Tudo isso dentro da programação especial que o Sesc promoverá no evento. As atividades serão realizadas nas unidades Santa Rita e Caborê, Casa Edições Sesc e no BiblioSesc, biblioteca itinerante de incentivo à leitura que será levada a Paraty, além das intervenções artísticas nas ruas da cidade.

Créditos: DivulgaçãoAtriz Fernanda Montenegro participa da abertura e encenará o monólogo Nelson por Ele MesmoAtriz Fernanda Montenegro participa da abertura e encenará o monólogo Nelson por Ele Mesmo

Atriz Fernanda Montenegro participa da abertura e encenará o monólogo "Nelson por Ele Mesmo"

A atriz Fernanda Montenegro, que participa da abertura oficial da Flip este ano, também estará na programação. No dia 26 encenará o monólogo "Nelson por Ele Mesmo", na unidade Caborê, e no dia 27 lançará o livro "Fernanda Montenegro Itinerário Fotobiográfico", na unidade Santa Rita. Outra grande expoente da cultura brasileira confirmada entre as atrações é Conceição Evaristo, Prêmio Jabuti 2015 com o livro "Olhos d'água". Candidata a uma cadeira na Academia Brasileira de Letras – ABL, a escritora participará da “Roda poética com Conceição Evaristo”, uma conversa com o público na qual contará um pouco sobre sua obra e história. Também será possível conferir na unidade Caborê, durante toda a Flip, a exposição "Yano-a", da fotógrafa e ativista suíça Claudia Andujar. Imagens formam uma videoinstalação que sensibiliza para o respeito e a preservação de povos indígenas. Paraty abriga duas aldeias Guarani-Mbyaa.

Considerados uma referência da programação do Sesc na Flip, os cafés literários serão realizados na unidade Santa Rita. Mais de vinte escritores, entre eles Mário Rodrigues, Adriana Falcão, Gloria Kirinus, Mario Rodrigues e André de Leones, participarão dos debates. As conversas abordarão desde a importância da literatura na reconstrução da realidade, até sua influência no esporte, além da liberdade da escrita e o crescimento da poesia.

A programação também contará com batalhas de poesia, o slam, fenômemo que desperta as plateias para reflexão, tomada de consciência e atitude política. O escritor, poeta e dramaturgo, Luiz Silva, o Cuti, autor de Poemaryprosa (Mazza Edições) e a poeta e slammer Letícia Brito conversarão sobre literatura oral, gênero que vem ganhando cada vez mais espaço, principalmente entre os jovens. Outro destaque será a poetisa pernambucana Isabella Puente, a Bell Puã, vencedora do campeonato brasileiro de poesia falada. Haverá ainda uma oficina de "Literapia", com a escritora Elisa Poeta e o DJ Marcelo Pino. Já os grupos "Slam de Quinta" e o "Slam das Minas de Rio de Janeiro, Pernambuco e São Paulo" se enfrentam pelas ruas de Paraty na "Saraivada Batalha de Slam".

Dedicado ao público infantil, o espaço Ler e brincar é só começar propõe um encontro das brincadeiras dançantes da cultura popular com a leitura, na unidade Santa Rita, durante os quatro dias da Flip. No BiblioSesc haverá contação da estória "Auto do Boi Estrela", com bonecos, personagens caracterizados e instrumentos musicais. Após ouvirem e participarem da estória, crianças e adultos serão convidados a fazer um desenho para a capa de um livreto inspirado nos folhetos de cordel, de autoria de Daniel Fernandes.