Folclore e poesia clássica para crianças

Publicação: 2014-06-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Recheados de elementos históricos capazes de nos transportar para outro tempo da história, as lendas folclóricas ressuscitam acontecimentos ou mesmo devaneios populares – além de ser uma forma diferente de conhecer a cultura de um local. Para manter vivo o nosso folclore, Walcyr Carrasco escreveu o livro A Iara e Outros Contos do Folclore Brasileiro, Editora Moderna, 72 páginas R$39,00, em formato e-book R$27,50.

A lenda que abre o livro é A Moura Torta, que fala sobre uma linda menina que é transformada em pomba. Já, em O Peixinho Encantado, um jovem se casa com uma princesa graças a um peixe mágico. O conto Iara fala sobre o encantamento que a mãe d’água causa sobre um jovem guerreiro e seu final trágico. Essas e outras histórias do imaginário brasileiro fazem parte da preciosa seleção montada pelo autor.

Essas histórias chamam a atenção para o quanto às narrativas orais tradicionais revelam alguns aspectos da sociedade brasileira e também é possível verificar que cada conto tem uma simbologia histórica e remete as tradições das etnias que compõe a nossa: indígenas, africanas e europeias, o que torna o momento da leitura ainda mais rico para todas as idades.

O lançamento é o terceiro livro da série Reconto da Tradição Popular e da Biblioteca Walcyr Carrasco, da Editora Moderna, e é indicado para estudantes do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental.

Walcyr Carrasco nasceu em 1951 em Bernardino de Campos, SP. Escritor, cronista, dramaturgo e roteirista, com diversos trabalhos premiados, formou-se na Escola de Comunicação e Artes de São Paulo. Por muitos anos trabalhou como jornalista nos maiores veículos de comunicação de São Paulo, ao mesmo tempo que iniciava sua carreira de escritor na revista Recreio. Desde então, escreveu diversas novelas, peças de teatro e publicou mais de trinta livros infantojuvenis, tendo recebido por suas obras muitos prêmios ao longo da carreira. É cronista de revistas semanais e membro da Academia Paulista de Letras, onde recebeu o título de Imortal.

Clássico
Um dos clássicos da poesia épica mundial foi parar nas mãos de João Vítor, aluno da sexta série que está de recuperação e precisa fazer um resumo da Odisseia de Homero para passar de ano. Por engano, o garoto retirou da biblioteca a versão integral da obra de Homero, ao invés da versão “adaptada” à sua idade. Para piorar, ele deixou a leitura para o último dia, ou melhor, a última noite antes da entrega.

O resultado, como era de se esperar, não sai exatamente como a professora esperava, pois o aluno não só contou a história com suas próprias palavras, como aproveitou para incrementar alguns detalhes que, a seu ver, faziam toda a diferença.

“Ulisses e seu bando chegaram, então, à terra dos ciclopes, horríveis gigantes de um olho só. Após desembarcarem na praia, o que escolhem fazer? Descansar? Não. Banho de mar? Não. Frescobol? Não. Churrasco. Churrasco! Outro churrasco, professora Denise! Deve ser o vigésimo, e ainda estamos no capítulo nove! Vou lhe dizer uma coisa: nunca vi povo tão farofeiro quanto esse. Dia sim, dia não, tem churrasco na praia!”

Dessa forma, com uma linguagem informal e desencanada, João dialoga com sua professora em um texto recheado de imaginação.
Gustavo Piqueira, autor e ilustrador do livro, trouxe ilustrações divertidas e bastante atuais para a história, misturando diferentes tempos, divertidas colagens e fantasias coloridas que refletem a mente do inteligente, e muito malandro, João Vítor.

A leitura de Odisseia de Homero (Segundo João Vítor) é a aventura mais maluca dos personagens gregos que os leitores conhecerão!

Gustavo Piqueira é o designer gráfico mais premiado do Brasil e está à frente da Casa Rex, casa de design gráfico internacional, com sedes em São Paulo e Londres, onde lidera uma equipe de mais de 40 profissionais e desenvolve desde projetos de design estratégico para marcas globais de consumo até projetos experimentais. Seu portfólio inclui doze livros sobre temas diversos e ilustração de livros infantis. Seus mais recentes projetos incluem a concepção e organização da coleção de filosofia clássica Ideias Vivas (WMF Martins Fontes), a tradução do irônico A História Verdadeira, escrito no século II por Luciano de Samósata (Ateliê Editorial), e o misto de imagens reais e ensaios fictícios Iconografia Paulistana (WMF Martins Fontes). O livro custa R$45,00 e é indicado para leitores a partir doa 9 anos de idade.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários