Folia de Izas e vindas

Publicação: 2020-02-23 00:00:00
A+ A-
Alex Medeiros
[ alexmedeiros1959@gmail.com ]

Por Napoleão Veras
Amigo Alex, saí dali do bar Brás e me meti no meio de uma multidão que deu medo. Mar revolto, imprevisível. Não avançava, não permitia avanço, nem muito menos desistir, retroceder. Levantava o pé, quando abaixava já tinha outro no lugar. O jeito foi subir no muro do velho *Atheneu* para escapar, e ver a _deusa de ébano_, abraçado às grades de ferro do vetusto educandário.

Créditos: Alex RégisIZA na abertura do Carnaval em NatalIZA na abertura do Carnaval em Natal

Como havia misturado uísque, gin e cerveja, e o calor era infernal, propagado em ondas de mijo e odores agregados dos banheiros químicos instalados, lá para tantas me veio _aquela náusea terrível_ que faz um olhar para os lados e escolher o lugar onde vomitar, ou morrer. Aí se dá conta que não há como, que alguém vai ter de servir de latrina, e que vai ser um problemão...

É então preparar-se para o pior. Os adolescentes, de tão finos, esgueiram-se ou escorrem por entre as grades e caem dentro do colégio. Sinto saudoso que já não conseguiria a proeza... os anos, a gordura, os quadris mais largos...

Além dos soldados que como cães estão do lado de lá para devolvê-los pela gola da camisa ao rio caudaloso.

Lanço um olhar nauseado à esquerda, imaginando como seria minha sofrida, ridícula e humilhante passagem, o transtorno, o _mar vermelho_ reabrindo-se para o novo milagre, ou o mar de celulares ávido em filmar os requebros da _estrela estonteante_ tendo de interromper suas produções artísticas... que absurdo, esse _fela da puta_ só para atrapalhar, logo agora na hora de _*Talismã*_, talvez não chegasse vivo por esse braço de mar; como romper a barreira dançante, emocionada e compacta?

Quando todos os prognósticos são os mais sombrios, e o suor frio só faz escorrer na testa e no corpo para desenhar a camisa comprada para o evento, dá-se o milagre, aparentemente tão improvável quanto o _mar vermelho_: correu uma brisa, uma inexplicável brisa, inodora, desprovida do bafio de merda e mijo dominantes, e pude ver surpreso que a _musa serpenteante_ seguia de maiô vermelho, escavado, num brilho de lantejoulas, e não de maiô branco como, juro, chegara a imaginar ou mesmo ver.

O ventinho bendito sustenta o sopro e vou aos poucos me recompondo, me sentindo um sobrevivente, desviando o olhar dos rapazes e moças trepados no poste em frente, pra de novo ver os últimos movimentos da _bela princesa afro-brasileira_, que encantou nauseados, mareados e embriagados.

100 passos a mais e já estava no hall do prédio, onde o porteiro na santa inocência fala em corda na casa de enforcado: doutor, sabe fulana, aquela moça que trabalha no prédio da esquina... inventou de entrar aí e bem depois voltou nos braços do povo, por cima da multidão.

E eu: foi mesmo, Antônio?

Convocação
A bancada dos derrotados protocolou na Câmara um requerimento “convocando” (deixando claro que não é convite) o general Augusto Heleno para explicar a fala sobre o Congresso. Bom que fosse e dissesse “foda-se”.

Que país
O Brasil elegeu um presidente por causa de um furo e agora pensa em cassar seu mandato por causa de outro furo. Vamos ver que conjuntura teremos após o carnaval, que deverá gerar muitos furos em agendas e em orçamentos.

Patrulheiros
A volta das patrulhas ideológicas, principalmente no carnaval, me lembra o antropólogo Darcy Ribeiro numa entrevista nos anos 80. Diante das críticas à paquera, tascou: “No dia que a paquera acabar, as pessoas irão se suicidar”.

Pegação
Domingo é dia de soltar as amarras no bloco Se Brincar eu Pego, do trio Jener Tinoco, Lígia Limeira e Habib Chalita. Concentração às 16h no Ilusion Hotel, em Ponta Negra, e segue para a Praça do Gringo e depois Amsterdam Pub.

Beco da Lama
Carnaval no Centro com as saídas de dois blocos, o Divina Comédia às 13h no Bardallo’s e o Acorda Clubber às 15h com o som techno. E a grande atração do Palco Kengas a partir das 14h, este ano com a madrinha Glória Groove.

Redinha
Folia e irreverência de sobra no domingo da Praça do Cruzeiro. Às 11h tem a Kengas de Tambores; As Raparigas chegam às 12h; o Bloco do Seu Boga às 15h; o Sem Preconceito Eu Vou às 16h, mesmo horário da Banda do Siri.

Submarino
O único bloco que aguenta as chuvas de março que se anteciparam, o Submarino Amarelo sai outra vez neste domingo, do cais da rua Floriano Peixoto para navegar pelas vias de Petrópolis ao som dos hits dos Beatles.

Pinóquio
Num 23 de fevereiro como hoje, em 1940, estreava nos cinemas dos EUA um dos grandes clássicos dos estúdios Disney, o filme Pinóquio, obra do florentino Carlo Collodi. A película (chamava assim) ganhou 2 estatuetas do Oscar.

Futebol na TV
Não vai cair na folia? Então se liga nos jogos de hoje: Manchester x Watford, Arsenal x Everton, Atlético Madrid x Villarreal, Inter x Sampdoria, Roma x Lecce, Bayer Leverkusen x Augsburg, PSG x Bordeaux, Boca Juniors x Godoy Cruz, Estudiantes x River Plate.





Deixe seu comentário!

Comentários